Vídeos

Vídeos

Divulgação/Bodytech

Juliana Simon

Do UOL, em São Paulo

Ficar bem no biquíni ou na sunga é um dos maiores desejos dos brasileiros na temporada de praia e piscina. Contando com isso, as academias criam modalidades especiais para quem já malha e quer pegar mais pesado nos exercícios ou para os atrasados, que buscam deixar o corpo um pouco mais definido e a autoestima em dia.

O UOL procurou especialistas para apontar os cinco exercícios que devem dominar as academias durante a correria para o "projeto verão 2016".

  • Divulgação/Runner

    Aqua HIIT (Treinamento Intervalado de Alta Intensidade)

    A modalidade é um mix de natação, musculação e hidroginástica que além de gerar um gasto calórico elevado, promete melhorar a capacidade aeróbica, resistência cardiorespiratória, força muscular e flexibilidade. Segundo Guilherme Moscardi, coordenador técnico da rede Runner, músculos mais definidos já aparecem em três semanas. "A atividade deve ter orientação profissional devido à complexidade na elaboração e planejamento", diz o preparador físico Thiago Fernandes, da consultoria esportiva Limiar 2.

    Imagem: Divulgação/Runner

  • Divulgação/Zumba

    Aqua Zumba

    As mais badaladas das modalidades do verão são as que envolvem dança. Com séries localizadas e aeróbicas, a aqua zumba une exercício e descontração. "O meio aquático oferece uma diminuição do impacto preservando as articulações, além disso, a resistência natural da água ajuda a desenvolver os principais grupos musculares e aumenta a circulação sanguínea", afirma Guilherme.

    Imagem: Divulgação/Zumba

  • Divulgação/Bodytech

    Piloxing

    O treinamento famoso entre celebridades como Hilary Duff, Vanessa Hudgens e Tia Mowroy, combina pilates, boxe e dança é outra aposta para a estação. O programa intervalado trabalha com alta frequência cardíaca e movimentos de baixo impacto, proporciona aumento da resistência e queima calórica. Realizado descalço para dar mais agilidade e trabalhar músculos dos pés e tornozelos, o programa ainda incorpora o uso de luvas com pesos, para potencializar o treino e contribuir para tonificação dos braços. "Os movimentos são executados no ritmo da música e incluem ainda passos de dança, que tornam a aula bem dinâmica e prazerosa", afirma Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company.

    Imagem: Divulgação/Bodytech

  • Divulgação/Bodytech

    Superioga

    A ioga com cara de ginástica é a sugestão para quem procura uma modalidade mais calma, mas não menos eficaz. A forma vigorosa e ritmada como os exercícios são executados favorece o ganho de massa muscular, aumenta o metabolismo e facilita o emagrecimento. "A Ioga é uma atividade que proporciona uma paz, uma calma e, consequentemente, baixa a ansiedade, o que ajuda na manutenção do peso", explica o educador e mestre de Yoga Paulo Junqueira, da Bodytech.

    Imagem: Divulgação/Bodytech

  • Divulgação/Bioritmo

    ViPR

    A aula com 30 minutos de duração utiliza equipamentos ViPR, um cilindro feito com uma borracha densa de elevada durabilidade e três alças. O objetivo é realizar movimentos integrados com carga e exercícios para a perda e controle de peso. "Os músculos do core (região do abdômen e lombar), quando fortalecidos e acionados de forma correta, dão suporte para a coluna e quadris, evitando o estresse nessa região, definem o abdômen e modelam a cintura, além de auxiliarem na correção postural", comenta Saturno de Souza, diretor técnico da Bio Ritmo.

    Imagem: Divulgação/Bioritmo

Topo