Beleza

Derrube mitos de maquiagem e aposte no visual "olho tudo, boca tudo" para o inverno

Luiza Sigulem/UOL
Modelo usa maquiagem "olho tudo, boca tudo" ideal para a noite, na concepção da maquiadora Vanessa Rozan imagem: Luiza Sigulem/UOL

ISABELA LEAL

Colaboração para o UOL

Uma das tendências de maquiagem mais fortes deste inverno é o look “olho tudo, boca tudo”. Isso mesmo, nada de ressaltar um e apagar o outro, como foi durante os últimos anos. A moda atual pede olho e boca marcantes. “Demorou para esse mito ser derrubado, tinha aquela insistência de olho tudo e boca nada e vice-versa, mas fica lindo ressaltar os dois”, justifica a maquiadora Vanessa Rozan, do Liceu de Maquiagem, de São Paulo. “Durante muito tempo acreditou-se que ‘olho tudo, boca tudo’ era look de passarela, mas não é. A maquiagem funciona como um acessório, se a mulher não está a fim de se produzir, basta fazer um make poderoso e pronto. Aproveita para compensar a roupa básica com uma maquiagem mais elaborada. Se for sair de jeans é só passar um batom colorido, caprichar no olho e já fica com um visual diferente”, acredita a maquiadora.

Derrubando o mito
Evidenciar os olhos e camuflar a boca ou o contrário, fazer um bocão e deixar os olhos neutros, acabou se tornando uma regra, mas ainda assim é questionável e passível de mudanças. “Sem dúvida é uma regra de segurança, mas não uma regra de maquiagem”, acredita Vanessa Rozan, que dá uma superdica para quem quer começar a se arriscar com olhos e bocas vibrantes: “olho tudo, boca tudo requer um acabamento perfeito. Um bom começo é usar os pincéis adequados. O uso dessa ferramenta deixa o make impecável. Resultado: traz mais segurança”. Outro ponto importante desse estilo de make é a pele, por isso é tão importante a escolha de uma base adequada. “Antes de comprar a base é essencial ver três aspectos: a cor, que deve ser semelhante ao tom natural do rosto; a cobertura, ou seja, quanto ela cobre, o ideal é cobertura média, sem ser muito transparente ou carregada demais; e por fim, o acabamento, que significa o aspecto da pele depois que a base seca, e pode ser fosco, natural ou luminoso”, ensina a maquiadora.

Muitas mulheres acham lindo, mas têm medo de usar porque acreditam que para elas não vai cair bem. Ledo engano. “Todo mundo fica bem. Quanto à combinação de cores, não tem muita regra, vai depender do que a mulher gosta, nada é proibido”, ressalta Vanessa, que faz apenas uma ressalva: “é melhor descombinar do que combinar”. Na prática essa dica significa que olho verde com boca violeta ou qualquer outra cor é mais harmônico do que quando olho e boca têm a mesma nuance, como olho violeta e boca vinho, por exemplo. 

Topo