Beleza

Conheça o novo gloss de efeito plastificado que é uma das apostas para o verão

Os lábios espelhados, ou "glossy", apareceram em desfiles como o da Gucci em fevereiro de 2011

SHÂMIA SALEM

Colaboração para o UOL

Depois de dominar a maquiagem por várias temporadas, o batom seco e opaco sai de cena e dá lugar à boca “glossy”. Esse é o nome dado ao efeito vitrificado ou plastificado dos lábios, que lembra a superfície da maçã do amor, e é conseguido com a aplicação de um batom de cor intensa seguida de gloss. “O look foi destaque em alguns desfiles das semanas de moda de Paris e Milão, como o da Hermès e da Gucci, e é uma releitura da década de 1970, a era disco, que ficou conhecida como a geração dos apaixonados por moda e glamour”, diz a maquiadora Penélope Beolchi, da agência Pink Mgt, em São Paulo.

Isso ajuda a explicar porque o visual combina com mulheres de atitude. “Quem é discreta ou básica dificilmente vai se sentir bem com o brilho exagerado da boca ‘glossy’”, afirma o maquiador Lau Neves, da agência Capa Mgt, em São Paulo. Concorda com ele a maquiadora Vanessa Rozan, do Liceu de Maquiagem, em São Paulo. “Quem tem estilo marcante pode até optar por um gloss com glitter e caprichar no make dos olhos, usando máscara para cílios, delineador e sombra, que não vai ficar 'over'”, garante ela.

Como fazer a boca "glossy"

Quem ensina é a maquiadora Penélope Beolchi:
Passe uma base líquida ou cremosa sobre os lábios
Refaça o contorno labial usando um lápis da mesma cor do batom
Aplique o batom
Retire o excesso de produto com um lenço de papel
Reaplique o batom
Espalhe o gloss transparente ou do mesmo tom do batom tomando o cuidado de garantir que uma maior quantidade do produto fique acumulada no centro do lábio – assim, o efeito fica ainda mais plastificado

Três regras para não errar

Como a boca fica carregada de produto, o ideal é reservar a produção para ocasiões especiais e em que o objetivo seja se destacar, como uma festa glamourosa ou uma balada; nunca para um encontro romântico ou no trabalho.

Outros dois cuidados que se deve ter ao apostar na tendência é o de manter o cabelo preso, para que os fios não encostem na boca; e cobrir as imperfeições da pele. Caso contrário, os lábios vitrificados podem acentuar olheiras, manchas, espinhas, cicatrizes, vasinhos e poros abertos. Para chegar lá, Vanessa Rozan recomenda aplicar primer no rosto inteiro e, depois, um iluminador cremoso ou hidratante com brilho nas têmporas, no dorso do nariz e no contorno do lábio superior. “A base líquida ou cremosa vem na sequência e deve ser espalhada com pincel, indo do centro da face para fora. Se ainda assim algum defeitinho estiver aparecendo, apele para o corretivo líquido”, completa a maquiadora. Finalize com pó compacto para retirar o brilho e garantir que o foco fique na boca.

Já para prolongar o efeito plastificado, só mesmo retocando o make com frequência. Daí a importância de, além do batom e do gloss, levar a tiracolo hastes flexíveis e demaquilante, caso erre a mão.

Topo