Beleza

Guru das famosas ensina 10 penteados para perder o medo de usar flor no cabelo

Rodrigo Niemeyer/UOL
Diferentes penteados, com diferentes tipos de flor, criados por Biaggi imagem: Rodrigo Niemeyer/UOL

Isabela Leal

Do UOL, em São Paulo

Não tem jeito: sempre bate uma insegurança na hora de usar flor no cabelo. Será que vai ficar cafona? Como será que a flor deve ser encaixada no penteado? E qual tipo de flor deve ser usada?

Estas são algumas dúvidas cruéis que passam pela cabeça - ainda não florida - de uma mulher ao pensar em investir no acessório. "Flor no cabelo é um ícone do verão”, garante Marco Antonio de Biaggi, do MG Hair (SP), conhecido como o "cabeleireiro das famosas".  “As cores do momento são violeta, pink, rosa claro, turquesa e tangerina; e as espécies hibisco, orquídea, lírio e gérbera”, afirma o Biaggi.


Segundo o cabeleireiro, o estilo dos penteados com flores é democrático, com poucas restrições. Pode ser com os fios soltos, presos, ondulados, “meio solto, meio preso”, texturizados; vale tudo. Só é proibido o visual muito certinho. “Evite cabelo montado e superpenteado para não ficar cafona. Bonito é ter sempre um aspecto descabelado, com movimento, que nada mais é do que cabelo com textura”, ensina. A franja também tem suas regras para deixar o look bonito e despojado. “Curta ou comprida, ela pode ficar inteira solta ou com alguns fios soltinhos. O importante é que acompanhe a textura do cabelo. Para quem não se sente segura de franja e vai ficar toda hora passando a mão no cabelo, uma opção é prendê-la com um ou dois grampinhos em diagonal na lateral da testa, como se estivesse prendendo o cabelo para se maquiar. Fica uma graça.”

Para acabar de vez com o medo das flores na sua cabeça, Biaggi dá dicas infalíveis para adotar de vez o acessório:

· o lugar mais indicado para colocar as presilhas de flor é atrás do lóbulo. A ideia é ressaltar apenas um ponto de luz e dar graciosidade ao penteado. Sem contar que é moderno. Essa dica é perfeita para as tímidas, que gostam de um toque diferente no visual, mas sem arriscar demais;

· abuse dos finalizadores (como spray de volume e pomada em pó): esses produtos são essenciais para o acabamento do penteado;

· flores com cristais, miçangas e canutilhos, nessa temporada, estão "out". Melhor evitar;

· o segredo é despentear o penteado antes de usar o acessório. Caso contrário, você corre o risco de ficar com cara de madrinha de casamento;

· se você pode tiver flores naturais, não pense duas vezes, use. Mas leve em conta que elas duram no máximo 2 horas e meia, depois perdem a graça. Portanto, fica descartada essa opção para quem gosta de balada, por exemplo, ou para eventos muito longos. Nesse caso, use as artificiais assumidamente;

· há tamanhos e estilos de flores para todos os gostos. As menores, em fivelas tic-tac e grampinhos, satisfazem as mulheres tímidas. Já as médias e mais frondosas caem muito bem para as ousadas e despojadas;

· vale combinar a cor do esmalte ou do batom com a da flor. Mas se a espécie for muito chamativa, grande e vermelha, por exemplo, é melhor não usar batom vermelho. Fica over. Para saber se fica bem ou não, só mesmo usando o bom senso.

 

Topo