Produtos e lançamentos

Cosméticos com efeito tensor prometem "lifting" temporário; saiba como eles funcionam

Thinkstock
Aplicação dos cosméticos tensores deve ser feita com a pele limpa, livre de oleosidade e protetor solar; o "efeito Cinderela" dura por até quatro horas imagem: Thinkstock

Rosana Faria de Freitas

Do UOL, em São Paulo

Não é delírio e nem sonho, não. Usando os produtos certos, é possível subtrair alguns anos da carteira de identidade quase instantaneamente. O segredo para tal milagre está na fórmula incrementada de alguns cosméticos que prometem o aclamado “efeito lifting”, assim denominado porque é como se você tivesse, realmente, se submetido a uma cirurgia plástica. É ou não é o desejo supremo de qualquer mulher? “Esses cosméticos têm como base proteínas tensoras que, ao serem aplicadas sobre a pele, se desidratam e se retraem, exercendo, assim, um efeito tensor instantâneo”, explica o farmacêutico e cosmetólogo Maurício Pupo, diretor da Ipupo Consultoria em Desenvolvimento Cosmético. “Há hidratantes com eficiência para atrair água e promover um estiramento da pele”, acrescenta Denise Steiner, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora em dermatologia pela Universidade de Campinas (Unicamp).

Há vários elementos usados para este fim. Alguns, como o tensine e raffermine, atuam em sinergia. O tensine é obtido a partir de frações especiais de proteínas do trigo e o raffermine é extraído da soja. “Enquanto o primeiro deposita sobre a pele uma grande quantidade de proteínas tensoras, o segundo vai mais fundo e, além de também promover esse "efeito Cinderela" imediato, inibe a destruição do colágeno decorrente da idade, prevenindo e combatendo a flacidez”, diz Pupo. Outro ingrediente bastante empregado é o ácido hialurônico em concentrações de 5% a 10%, associado a outras moléculas, o que incrementa sua capacidade hidratante. Presente no organismo, ele preenche os espaços entre as células e, com o avanço da idade, diminui -daí a necessidade de ser reposto. “Tais moléculas atraem a água e ‘incham’ a pele, que fica com aspecto mais esticado”, diz Denise. Há ainda outros componentes, como densiskim, ácido lático, ácido glicólico, vitamina E, niacinamida e pantenol, para citar apenas alguns.

O “lifting” caseiro tem vida útil de entre duas e quatro horas, ou seja, é um artifício perfeito para quando se quer parecer mais jovem em um compromisso, uma festa, um encontro importante... “Não há danos colaterais mas, se a pessoa estiver muito cansada ou desidratada, o resultado pode não ser tão intenso”, observa Denise Steiner.


Aplicando certo, dura mais
Algumas dicas sobre o emprego do cosmético aumentam a eficácia e a duração dessa "plástica a jato sem bisturi". Primeira regra: passar o produto diretamente sobre a pele perfeitamente limpa (sem oleosidade e sem filtro solar) e seca. Aplique o produto um pouco antes do seu compromisso (não adianta se embonecar toda às 18 horas, se o compromisso começa só às 20). Calcule direitinho o horário para não sofrer no fim da noite como Cinderela. Por fim, quanto mais espessa a camada que você aplicar, maior será o efeito tensor. “Dessa forma, cada pessoa pode controlar o grau do lifting que deseja obter”, salienta Maurício Pupo. Maquiagem, filtro solar e qualquer outro item devem ser passados por cima e somente de 10 a 15 minutos depois de aplicado o produto tensor para garantir que o cosmético tenha sido completamente absorvido.

Boa notícia: além de exibir uma pele mais rejuvenescida imediatamente, se o cosmético tiver raffermine na fórmula, os benefícios se prolongarão. “Por atuar na proteção do colágeno dérmico, quanto mais tempo usar o produto, melhores serão os resultados e a atenuação de rugas e marcas a médio e longo prazos”, destaca Pupo. Ele recomenda ler sempre com atenção os dizeres do rótulo –inclusive modo de aplicação–, pois cada um pode conter particularidades que vão reforçar os resultados.

 

Topo