Beleza

OEstúdio se inspira em moradores de rua e apresenta beleza "podrinha" na passarela

André Conti/AgFotosite
Beleza do desfile da marca OEstúdio por Helder Rodrigues no Fashion Rio Verão 2013 imagem: André Conti/AgFotosite

Fabíola Ortiz

Do UOL, no Rio

No último dia de desfiles do Fashion Rio, sábado (26), a grife Oestudio levou às passarelas uma coleção inspirada em moradores de rua - tema que volta e meia aparece na moda, como nas criações da estilista Vivienne Westwood, por exemplo.

Para transpor o tema para a beleza, o beauty artist Helder Rodrigues criou uma pele com textura "suja e curtida pelo sol", além de um penteado com os cabelos desfiados e presos em tranças com estilo “podrinho”. “A beleza tem essa textura bem suja e seca”, explicou.

Na maquiagem feita com produtos da linha Make B. do Boticário, as modelos usaram lápis preto borrado, batom vinho e corretivo marrom escuro na testa e bochechas para dar um “aspecto de pele bem curtida do sol, uma pele calejada”, disse Helder.

No cabelo, um penteado propositalmente bagunçado feito com tranças e bastante textura. Para chegar a esse resultado, a equipe de beleza desfiou os fios, aplicou spray de fixação e fez as tranças mais soltas. No fim, foi usado um gel no topo da cabeça para dar uma aparência molhada. Acessórios de cabeça e pescoço feitos como origamis de papelão complementaram o visual.  

A coleção da grife, intitulada R.U.A – Realidade Urbana Anônima, foi elaborada ao longo de três meses por 20 estudantes e profissionais da marca que descobriram o trabalho artesanal de ex-moradores de rua que participam de um programa de reabilitação social da ONG Banco da Providência, no Rio de Janeiro, para inclusão social.

Assista ao desfile da marca

Topo