Beleza

Efeito molhado nos olhos e nos cabelos é tendência em desfiles do segundo dia do SPFW

Patrícia Araújo/UOL
Cabelos com mix de textura seca e molhada e pele iluminada na passarela da Iódice imagem: Patrícia Araújo/UOL

Alessandra Moura

Do UOL, em São Paulo

Coleções de verão estão sempre mirando o mar. E o efeito do litoral sobre a pele e os cabelos cria uma das tendências apontadas no segundo dia do SPFW: o "wet style", como define o cabelereiro Marcos Proença e que, em bom português, nada mais é do que o efeito molhado. Na Iódice, assinada por ele, os fios são partidos em risca lateral, com leve volume na raiz – quase um topete – e têm efeito molhado, conseguido com produtos para dar brilho (Moroccanoil e L’Oréal). E o make da marca, idealizado por Fabiana Gomes, criou pontos de luz que imitam a pele úmida pós-mar. Para conseguir o efeito ela usou três iluminadores diferentes (Strobe Liquid Lotion, Iridescent Powder Silver Dusk e Cream Colour Base, todos da M.A.C), tanto nos olhos quanto na pele.

  • Patrícia Araújo/UOL

    Olhos marcados com acabamento de gloss no desfile da Ellus

Já na beleza da Ellus, assinada por Robert Estevão, os cabelos trazem texturas que remetem à praia, ora úmidos, ora secos e desarrumados. Na maquiagem, os olhos pretos e gráficos são arrematados com uma fina camada de gloss, ressaltando o “mergulho noturno” proposto pela marca.

  • Patrícia Araújo/UOL

    A modelo Fabiana Mayer no camarim do desfile da Movimento

O uso de gloss fora da boca também apareceu na beleza da Movimento. Assinada por Daniel Hernandez, a maquiagem fez uso deste produto nos olhos, dando acabamento espelhado à sombra marrom, e nas bochechas, fazendo as vezes de blush.

 

 

Topo