Tendências de beleza

BB Cream substitui itens de maquiagem e conquista adeptas; saiba como usar

Thinkstock
Com fórmula hidratante, BB Cream pode ser usado diariamente antes da maquiagem imagem: Thinkstock

Olivia Silveira

do UOL, em São Paulo

As antenadas já sabem: fora do Brasil só se fala de BB Cream - abreviação para "blemish balm cream", algo como bálsamo reparador da beleza. Não só porque é uma novidade para a nécessaire, mas também por conta do status milagroso que maquiadores e celebridades deram ao cosmético. “Ele está fazendo sucesso porque é uma maneira conveniente de combinar proteção solar de largo espectro, tratamento e base em um único produto não-oleoso, que não entope os poros”, explica Uzo, make-up stylist radicada em Los Angeles.

O produto foi desenvolvido na Alemanha por um dermatologista que o receitava após tratamentos de peelings e laser: suas pacientes precisavam de um creme que uniformizasse a cor, diminuísse a irritação e protegesse do sol. O BB Cream caiu nas graças das vaidosas coreanas e dali partiu para ganhar a Europa e os EUA. Por aqui, as marcas brasileiras ainda não investem na sua produção, mas algumas importadas já colocaram seus tubos nas prateleiras.

“Acho que é um ótimo produto 3 em 1 que facilita a vida da mulher, porém, para entrar no mercado nacional é necessário desenvolver uma gama maior de cores para que as peles morenas, bronzeadas e negras possam aproveitar suas qualidades”, adverte Vanessa Rozan, maquiadora e idealizadora do Liceu de Maquiagem, em São Paulo. A expert comprou alguns para testar no site de compras internacionais. “Estou experimentando o das marcas Skin79 e o da M.A.C, que vende no Brasil”, conta. “Vale a pena ler o que as mulheres acharam das compras que fizeram no site de avaliações (reviews) da Make Up Alley. Eu sempre uso essa informação antes de bater o martelo e comprar alguma novidade”, entrega.

Todo mundo pode usar

“O BB Cream é indicado para todos os tipos de pele”, avisa Uzo. O que inclui também as brasileiras. As fórmulas são hidratantes, porém oil-free, por isso podem ser usadas diariamente como o primeiro item da maquiagem. “Às vezes, alguém tem a testa extremamente oleosa e com poros dilatados, mas sem manchas, rugas ou linhas de expressão. Então, o mais indicado é que ela use algo direcionado para o problema e não simplesmente aposte todas as fichas no creme milagroso”, completa a maquiadora Rafaella Crepaldi, de São Paulo. Sendo assim, o BB Cream pode ser usado por qualquer uma que busque equilibrar e melhorar aspectos da pele – alguns são para peles sensibilizadas, outros contam com ativos clareadores, antiidade, matificantes, além de propriedades de disfarce óptico de linhas finas e poros.

Modo de usar

A maquiadora Uzo aconselha a espalhar o produto, que geralmente tem textura leve, com os dedos. “Assim, você terá um acabamento fresco e natural”, conta. Embora ele substitua o primer e a base, quem tem a pele oleosa pode aplicar o produto após o primer. “Mas se a sua face não precisa de muita cobertura, pode ficar apenas com ele”, acrescenta Vanessa Rozan. A regra da escolha da cor é a mesma da base: sempre fique com aquela idêntica à sua pele. “Um jeito prático de fazer isso é escolhendo duas tonalidades de BB Cream que se aproximem do seu tom. Aplique o produto formando duas listras, uma perto da outra, na região do maxilar. Você vai perceber imediatamente se uma está muito clara. Deixe o cosmético por cerca de 5 minutos. O tom que desaparecer é o certo para você”, ensina Uzo.

Topo