Beleza

Gigante de cosméticos abre primeira loja no país; veja o perfil das marcas que chegam com ela

Divulgação
Expositores com maquiagens e esmaltes no interior da primeira loja da Sephora no Brasil, no shopping JK Iguatemi, em São Paulo imagem: Divulgação

Geovanna Morcelli

Do UOL, em São Paulo

Se você costuma viajar para o exterior e não resiste aos produtos de beleza já deve ter notado uma loja com fachada listrada em preto e branco presente em várias das principais cidades do mundo: a Sephora. Nesta sexta (13), a gigante dos cosméticos -que tem mais de 1.300 pontos de venda ao redor do globo- inaugura sua primeira loja em terras brasileiras, no Shopping JK Iguatemi em São Paulo. Em suas prateleiras, além de marcas de luxo presentes há anos no mercado brasileiro, como Dior e Givenchy, muitas novidades: Nars, Make Up For Ever, Benefit, Stila, Urban Decay, Ouidad, Sephora by O.P.I, entre outras.  

“Com base em nosso sucesso com a Sack’s [loja online adquirida pelo grupo LVMH em 2010 e que deu início à chegada da rede ao país] e na alta demanda das brasileiras, que procuram a marca quando viajam, temos certeza de que haverá um retorno muito grande para a chegada da Sephora no mercado nacional. Entendemos os desejos da consumidora brasileira e nosso foco é trazer para ela uma experiência de varejo inédita”, diz Paula Larroque, vice-presidente sênior da Sephora América Latina.

A "experiência de varejo" a que a executiva se refere é a forma como os produtos são expostos, semelhante a usada em lojas de departamentos. Ou seja, é possível - sem a interferência de vendedores - testar e experimentar todos os produtos, que estão divididos em categorias: maquiagem, cabelos, cuidados com a pele, banho, acessórios de beleza, esmaltes e perfumes.

O cliente pode procurar por marcas ou então ir diretamente aos expositores que reúnem uma seleção de um mesmo item, como máscara de cílios e hidratantes, por exemplo. No setor de perfumes, o consumidor pode fazer um teste em um aplicativo para receber indicações de fragrâncias que mais combinam com sua personalidade e estilo de vida. Além desses atrativos, a loja também oferece exclusivas versões em miniatura de alguns dos produtos mais vendidos das marcas, todos expostos perto do balcão do caixa e com preços que não ultrapassam R$ 100.

Há ainda a possibilidade de fazer aulas rápidas de maquiagem no "beauty studio" montado no centro da loja e ter o valor do serviço revertido em produtos. Os temas são: “Base Perfeita”, “Delineador Essencial", “Olhos Esfumados”, "Trate e Corrija", “Blush e Bronzeador”, “Olhos Naturais” e “Lábios Perfeitos”.

IMPOSTOS QUE INCIDEM EM COSMÉTICOS E PERFUMES

Imposto de importaçãoentre 18 e 35%
ICMS25%
IPI22%
Cofins10,3%
PIS2,2%

Embora as novidades sejam muitas, o preços das marcas mais desejadas podem não ser tão convidativos, culpa, dizem os representantes da rede, da alta carga tributária praticada no Brasil (veja a tabela ao lado). No entanto, a loja física terá possibilidade de parcelamento das compras (política bem pouco comum no exterior) acima de R$ 150 em duas vezes; três parcelas para valores entre R$ 200 e R$ 399; quatro parcelas entre R$ 400 e R$ 499; cinco vezes para compras entre R$ 500 e R$ 599 e, por fim, seis parcelas para compras acima de R$ 600 (online, é possível parcelar em até 12 vezes).  


Até o final de 2012, a rede abre outras quatro lojas, duas em São Paulo (shoppings Morumbi e Eldorado) e duas no Rio de Janeiro (shoppings Rio Sul e VillageMall). Segundo Andrea Bedricovetchi, diretora geral de lojas no Brasil, o plano de expansão prevê 30 a 35 lojas espalhadas por diversas capitais em um prazo de cinco anos.

Topo