Beleza

Tônicos faciais são parte importante do cuidado diário com a pele; saiba como usá-los

Thinkstock
Tônicos normalizam o pH da pele, deixando-a pronta para receber os benefícios da hidratação imagem: Thinkstock

Cáren Nakashima

Do UOL, em São Paulo

Se você pula a segunda etapa do combo de beleza diário “limpeza + tonificação + hidratação” está na hora de mudar de atitude. “Tônicos faciais ajudam a normalizar o pH da pele alterado por sabonetes e outros limpadores, deixando a tez pronta para receber a hidratação”, resume a dermatologista Luciana Lourenço, de São Paulo.

Hoje, há um bônus na função do tônico, afinal a maioria dos produtos conta com propriedades que podem contribuir na penetração dos ativos dos cremes usados depois deles ou que auxiliam no controle da oleosidade, por exemplo. “De quebra, a tonificação remove as impurezas que o sabonete não conseguiu alcançar e, em alguns casos, dão uma mão para a hidratação e estimulam a produção de fibras que dão sustentação à pele”, acrescenta Cristiano Tárzia Kakihara, dermatologista de São Paulo.


Bula
Use o produto de manhã e à noite, logo após a higienização do rosto. “Embeba um disco de algodão com quantidade suficiente”, alerta Cristiano. Ao invés de  esfregar, aplique delicadamente o líquido do nariz em direção às extremidades da face, evitando o contato com os olhos.

Para escolher o tônico adequado, leve em consideração o seu tipo de pele. Existe um específico para as normais, mistas, oleosas e secas, cada um com ativos que respeitam as características de cada uma e propiciam melhora global do aspecto da cútis. “Quem está com a pele sensível – que geralmente se irrita, resseca ou fica avermelhada por motivos sutis, como mudança de clima – pode pedir ajuda para o dermatologista na hora da escolha, afinal os tônicos para essa condição costumam ser desenvolvidos com componentes para peles normais, com uma acentuação dos princípios ativos com ação anti-inflamatória”, avisa Cristiano. Nesse caso, os dermocosméticos (vendidos apenas em farmácias) ou manipulados podem ser uma boa solução.

Tônico x Adstringente

Adstringentes são tônicos que contêm substâncias específicas para o tratamento da pele oleosa, como o ácido salicílico citado anteriormente, embora muitos não façam distinção da nomenclatura. “O adstringente controla a oleosidade e não pode ser usado por quem tem pele seca”, adverte Luciana. Lembre-se que mesmo quem tem pele oleosa, precisa de hidratação, pois excesso de sebo não significa quantidade suficiente de água. Então, complemente a limpeza e a tonificação (mesmo que ela seja feita com adstringente) com um hidratante para o seu tipo de pele. De manhã, o filtro solar é indispensável

Na lista de ingredientes dos bons tônicos, você pode procurar ácidos salicílico e glicólico e enxofre, se a sua pele for oleosa. Para peles normais, o ácido hialurônico e extratos de chá verde, camomila e calêndula são recomendados. Para as peles secas, aposte nos tônicos com agentes calmantes, Aloe Vera e livres de álcool. As fórmulas para peles mistas trazem um mix desses ingredientes.

“No mais, geralmente recomendamos que o tônico seja da mesma linha que o limpador, pois muitas vezes o sabonete precisa que o tônico finalize seu trabalho com a correção do pH. Assim, produtos de marca igual conseguem resultados complementares”, sugere Luciana. Mas esta não é uma regra.

 

Topo