Beleza

Automassagem modeladora reduz medidas e valoriza o contorno corporal; aprenda a fazer

Fernando Donasci/UOL
Fazer manobras da massagem em direção aos gânglios (virilha e axilas) é fundamental para o bom resultado da drenagem imagem: Fernando Donasci/UOL

Isabela Leal

Do UOL, em São Paulo

Acredite: fazer uma massagem modeladora é mais fácil do que se imagina. Sim, a técnica tem seus truques e segredos, mas nada que não possa ser feito por uma de nós. Segundo a fisioterapeuta dermatofuncional Lorice Miguel, de São Paulo, quando feita regulamente, a massagem reduz medidas, pois ajuda a drenar o líquido acumulado juntamente com a gordura localizada, além de suavizar as fibroses mais resistentes, o que ameniza os sintomas da celulite." Além disso, melhora a qualidade da pele e as funções intestinal e renal", diz.

Apesar dos benefícios serem concretos, não é possível precisar, por exemplo, qual será a redução da circunferência abdominal ou da coxa. Os resultados dependem da reação de cada organismo, e também variam de acordo com fatores como hábitos, estilo de vida, prática ou não de exercícios, dieta balanceada ou desregrada, entre outros.

Lorice explica que toda pessoa que tem gordura (localizada ou generalizada) sofre de retenção hídrica, problema que causa inchaço e desconforto. “Daí a importância de desbloquear as linfas antes de começar as manobras da massagem", afirma. A drenagem diminui medidas porque suaviza os edemas (inchaços). Por isso, o foco principal das manobras é trabalhar a redução do edema que acompanha a gordura.

Para conseguir esses benefícios, o indicado é fazer a massagem três vezes por semana, como se fosse um ritual depois do banho. O tempo de execução demora, em média, de 20 a 30 minutos. Para intensificar os resultados, o ideal é que o creme utilizado na massagem contenha cafeína, L-carnitina, algas, produtos firmadores como elastina, colágeno e raffermine; vitamina C, antioxidantes e também bons hidratantes, como a uréia a 10% (essas informações constam do rótulo).

Topo