Tendências de beleza

Quer mudar o visual radicalmente como a Xuxa? Veja dicas antes de ir ao salão

Mathes Cabral/Tv Globo e Divulgação
Xuxa abadonou os fios loiros de muitos anos para entrar para o time das morenas imagem: Mathes Cabral/Tv Globo e Divulgação

Luciana Hruby

Do UOL, em São Paulo

Recentemente, a apresentadora Xuxa surpreendeu ao aparecer com os cabelos escuros. Loira natural, a rainha dos baixinhos manteve o mesmo look característico durante anos e mudou o corte apenas uma vez, que passou do médio para o curtinho, estilo Pixie. O novo visual, com fios castanhos, quase pretos, fazem parte de uma campanha publicitária. Além de receber R$ 2 milhões pela transformação, ela ainda realizou o sonho da mãe de vê-la morena.

Se a ideia de adotar uma nova cor ou corte de cabelo tem feito a sua cabeça, saiba que é preciso alguns cuidados antes de se arriscar no salão. Além de uma boa análise dos fios, vale checar como você ficaria com o resultado final antes de radicalizar. Caso contrário, a chance de você não gostar e querer voltar atrás é grande. E leva tempo para "consertar" o arrependimento.

Os cabeleireiros Marcos Corazza, do Gilberto Cabeleireiros, em São Paulo, e Dudu Meckelburg, do salão HBD Spa, no Rio de Janeiro, dão dicas e apontam o que você deve considerar antes de colorir ou passar a tesoura nas madeixas:

Procure um profissional: Uma mudança radical nunca deve ser feita em casa com improviso ou produtos caseiros. Encontre um profissional de sua confiança. A orientação é fundamental, ele saberá analisar melhor o que combina com o seu formato de rosto e tom de pele. O que você pode e deve fazer é levar referência. Vale fotos de celebridades, amigas, modelos e etc. Assim, facilita na hora de explicar a ideia
Analise o conjunto da obra: “O cabeleireiro precisa analisar o sentido do nascimento dos fios para, então, sugerir o corte ideal e não deixar a cliente escrava da escova e do secador”, lembra Dudu. A textura também é importante. Um cabelo crespo não teria o mesmo caimento do cabelo da Xuxa, por exemplo. No caso da tintura, as nuances da tonalidade da sua pele serão determinantes para saber se a nova cor irá realçar ou desvalorizar a aparência. Com um look errado, a pessoa pode parecer pálida, ter as olheiras destacadas ou até mesmo o nariz
Simule o resultado: O corte curto está em alta. Porém, se o seu cabelo é comprido e você deseja adotar um look parecido com o da atriz Débora Falabella, saiba que em caso de arrependimento terá que esperar mais de 1 ano para que ele alcance um tamanho fácil de modelar. Isso porque os fios crescem, em média, apenas um centímetro por mês. Existem sites e aplicativos que ajudam a fazer a simulação, basta inserir uma foto e montar o visual desejado
Planeje os gastos: “Para uma transformação de cor, é necessário pensar em todo o investimento mensal. O gasto inclui tintura, retoques e tratamentos que ajudarão a não perder a qualidade da fibra capilar”, explica Marcos. Alguns cortes também pedem manutenção constante
Mantenha a saúde dos fios: Os fios que foram clareados voltam com facilidade ao tom escuro. Mas, o contrário exige paciência. O cabeleireiro Marcos Corazza afirma que um cabelo claro tingido de castanho intenso ou preto, como o da apresentadora, precisará de aproximadamente 6 meses para recuperar a tonalidade original, respeitando a saúde dos fios. O ideal é usar produtos específicos para cabelos coloridos, fazer hidratação semanal e ter cautela com os descolorantes

 

Topo