Tendências de beleza

Cabeleireiros revelam os cuidados essenciais para quem quer aderir aos cabelos platinados

Getty Images
Miley Cyrus e Pink exibem fios platinados, enquanto Elle Fanning fica no meio termo, com um loiro menos radical imagem: Getty Images

Olivia Silveira

Do UOL, em São Paulo

Não basta ser loira. Para aderir à moda dos cabelos platinados, o blonde monocromático totalmente frio, quase branco, a primeira coisa a fazer não é verificar o estado do fio, mas, sim, fazer uma sincera autoanálise em frente ao espelho. “O loiro platinado é indicado para quem tem pele bem branquinha e rosada. Quanto mais morena, a tendência é empalidecer”, explica Marcos Proença, hairstylist do salão que leva seu nome, em São Paulo.

Você tem a tonalidade de pele ideal para o visual? Então chegou a hora de analisar a saúde da fibra capilar, afinal, segundo o hairstylist Nilton Tamba, do Tamba Salão Boutique, em São Paulo, o comprimento precisa ser íntegro e resistente para sofrer até cinco descolorações necessárias para atingir o desejado tom. “Por isso, não adianta simplesmente fazer uma hidratação antes”, diz. “Mas um banho de queratina alguns dias que antecedem o processo pode ajudar, pois este é o nutriente que mais se perde durante a descoloração”, acrescenta Junior Carvalho, do salão C.Kamura, em São Paulo.

Se as pontas estiverem ressecadas, corte antes do procedimento. Um terapeuta capilar pode ajudar na decisão se ainda houver dúvida antes da transformação. “Assim você poderá se submeter a tratamentos de força”, avisa a cabeleireira Sonia Nesi, do Studio de Beleza Sonia Nesi, no Rio de Janeiro.

Com as madeixas já platinadas, a manutenção é fundamental. “Todo cabelo descolorido exige um tratamento mais profundo, como cauterização, reconstrução e hidratações, dependendo do dano causado”, conta Lea Mendes, colorista do Werner Dias Ferreira, no Rio de Janeiro. Além da hidratação no salão a cada dez dias, pelo menos, Nilton Tamba recomenda o uso de xampu silver (com pigmentos violetas), semanalmente. O produto ajuda a “esfriar” possíveis mechas que repigmentem em um tom quente, o contrário de quem deseja ser platinada. Uma reposição de queratina a cada 45 dias garante a recuperação da massa capilar perdida na química.

Após os cuidados iniciais, é preciso retocar para que raiz e comprimento mantenham-se uniformes. “O ideal é que seja apenas na raiz, de 15 em 15 dias”, avalia Nilton Tamba. Manter as pontas aparadas também evita o aspecto espigado que a descoloração pode causar. Prepare-se para investir se o seu desejo é ser uma platinum blonde, pois o visual - ideal para quem é moderna e cheia de atitude e adora chamar atenção - requer tempo, cuidado e dinheiro.

Rotina intensa

Na rotina da loira platinada não pode faltar xampu, condicionador e máscara para cabelos descoloridos. A cada duas lavagens, substitua o condicionador pela máscara de hidratar em casa, mas lembre-se que isso não substitui os tratamentos reconstrutores feitos no salão. “Nunca esqueça do leave-in com protetor solar”, lembra Proença. O sol é um dos principais inimigos do loiro platinado, bem como a água do mar e, principalmente, o cloro da água da piscina. O trio pode causar, além do ressecamento, o temido desbotamento e até deixar algumas mechas esverdeadas. Portanto, no alto verão, redobre a proteção com linhas solares e ativos hidratantes poderosos, como os óleos.    

Cuidado redobrado

“Jamais realize uma transformação drástica com um profissional que você não conheça, procure alguém de confiança”, orienta Junior Carvalho. Verifique a procedência do descolorante usado pelo colorista e mantenha a calma, pois a descoloração pode ser realizada em etapas até chegar ao resultado esperado. “Primeiro o cabelo vai ficar avermelhado, em seguida, cenoura, depois amarelo, então dourado, depois bege, para finalmente atingir a nuance platinada. Se em uma única descoloração os fios insistirem em permanecer amarelos ou alaranjados, uma segunda é necessária, e assim sucessivamente”, finaliza Nilton Tamba.

Topo