Beleza

Filtro solar capilar é primeiro passo para proteger os cabelos no verão

Thinkstock
Cuidados com os cabelos no verão evitam que a cor desbote e que os fios loiros ganhem tom esverdeado imagem: Thinkstock

Isabela Leal

Do UOL, em São Paulo

Está decretada a temporada de sol, mar, praia e piscina. E junto com essas tentações, vem a necessidade de proteger os cabelos dos raios solares, cloro e sal – fatores que levam embora o brilho e a vitalidade dos fios. Para amenizar esses efeitos, UOL Beleza ouviu três especialistas – a médica dermatologista e tricologista Cristiane Braga, de São Paulo, o cabeleireiro Bruno di Maglio, do Loft Hair Boutique Cidade Jardim, também de São Paulo, e o cabeleireiro Célio Faria, do Instituto de Beleza que leva seu nome, em Belo Horizonte. A seguir, os três profissionais esclarecem as principais dúvidas sobre manutenção da cor, como proteger os fios e manter as pontas saudáveis e, claro, entregam dicas preciosas sobre hidratação.


Como preservar a cor
A exposição ao sol por muitas horas já é um fator que compromete os fios tingidos. Soma-se a isso, as lavagens regulares, nem sempre com produtos específicos para manutenção da cor e ainda a oxidação dos fios por conta do contato constante com cloro ou sal. Para o cabeleireiro Bruno di Maglio, a melhor prevenção é aplicar um leave-in protetor após lavar os cabelos. “Na praia ou na piscina, após o mergulho, indico a reaplicação do produto, mas antes é bom enxaguar com água pura, sem cloro. No dia a dia o ideal é conciliar produtos com alto poder de emoliência e uma vez por semana fazer uma reposição de queratina, com produtos à base desse ativo. E sempre que possível fazer a reposição de queratina, em nanomolécula, no salão”, sugere. “Para manter a cor não tem outro caminho, é preciso usar regularmente produtos específicos para reter os pigmentos da cor no fio. O mercado dispõe de excelentes opções nesse sentido”, resume Célio Faria.

Nada de fios embaraçados
Cabelos ressecados e pouco condicionados tendem a embaraçar mesmo, não tem jeito. E a luta com o pente e a escova só piora o problema, deixando os fios fragilizados, por isso é importante evitar que o “ninho” se forme, mantendo a emoliência dos fios. “Cabelos embaraçados correm mais risco de serem quebrados e sofrem mais com o efeito frizz”, resume a tricologista Cristiane Braga, que recomenda leave-in para condicionar e hidratar o fio, evitando tamanho desgaste.

Proteção contra o sol e outros agressores do verão
Algumas marcas já têm protetor solar capilar, mas o leave-in com filtro ainda é o campeão na missão de proteger os fios do sol. O segredo é utilizar produtos finalizadores com proteção ultravioleta, já que eles não são enxaguados e garantem mais eficácia. Xampu e condicionadores com filtro não têm a mesma eficácia, já que parte dos ativos vão embora na hora do enxágue. “O leave-in é muito importante, principalmente os que possuem proteção solar, pois eles criam uma película protetora também contra outros efeitos agressivos do verão. Os que protegem do calor do secador e da chapinha também são eficientes e essencial para quem usa esses aparelhos”, lembra Célio Faria, de Belo Horizonte. “Nessa época que antecede o alto verão é bom conversar com um profissional de confiança para poder preparar e fortalecer os cabelos contra os danos clássicos – sol, vento, cloro e sal – e hidratar profundamente”, ressalta Bruno di Maglio.

Atenção, loiras!
Todo cabelo tingido sofre com o desbotamento no verão, mas nos fios mais claros os danos vão além e podem deixar os cabelos esverdeados. “Um dos motivos é o sulfato de cobre, usado para tratar a água das piscinas, que é depositado na queratina dos fios, camada superficial, dando aquele tom esverdeado. O leave-in com protetor solar previne esse efeito”, explica Cristiane Braga. “Tratar para reduzir a porosidade e equilibrar o pH também pode amenizar esse problema. Uma dica caseira que funciona também é aplicar vinagre vermelho nos fios e deixar agir até tirar o esverdeado, mas esse truque só deve ser feito em cabelos saudáveis”, alerta Di Maglio.

Xampu anti-resíduos
Apesar de ser uma época em que se aplica muito produto nos fios – protetores, leave-in, máscaras, seruns etc – os xampus de limpeza profunda devem ser evitados no verão. O cabeleireiro Bruno di Maglio explica por quê: “São extremamente alcalinos. O uso frequente pode deixar as cutículas elevadas e também levar embora os nutrientes. Com isso surge o aspecto ressecado e poroso”, diz. “No verão, basta usar xampu e condicionador com alto poder de hidratação”, completa Célio Faria.

Pontas saudáveis
Por serem a parte mais envelhecida dos cabelos, as pontas tender a ser mais ressecadas e fragilizadas. O segredo é manter a hidratação com condicionadores, leave-in e reparador de pontas. “Cortar com frequência também ajuda, a cada dois ou três meses é o ideal”, sugere Di Maglio.

Hidratação "power"
Como já foi dito, diversos fatores levam ao ressecamento dos fios, mas algumas dicas podem controlar esse risco, como evitar o uso de chapinhas e secador, não deixar de aplicar um finalizador adequado ao tipo de fio, evitar o uso de xampu anti-resíduos. Portanto, hidratar é preciso. Um meio eficaz é a utilização de produtos hidratantes, cremosos (evite os transparentes), máscaras de hidratação intensa (no banho) e nos casos mais críticos, tratamentos em salão. “As máscaras com óleos vegetais, como argan, macadâmia e abacate, por exemplo, trazem excelentes resultados para uma melhora imediata, além das cauterizações de queratina, feitas em salão, que formam uma película protetora, mantendo a hidratação por mais tempo”, esclarece a médica Cristiane Braga. “Tratamentos de nutrição e hidratação profunda dão um up nos cabelos e trazem de volta a luminosidade, melhora da densidade do fio e emoliência, deixando os cabelos mais protegidos”, conclui Célio Faria.

Topo