Beleza

Outono 2013: prepare-se para as cores que vão fazer a sua cabeça

Marina Carvalho

do UOL, em São Paulo

O verão vai chegando ao fim e a moda já faz suas apostas para o outono. A mudança de visual vai além do guarda-roupa e abrange até a cor dos cabelos, que ganham cores mais quentes, já características desta estação de transição. O look queridinho dos salões de beleza para esta estação é o cabelo marrom iluminado por mechas douradas. Quem sintetiza essa tendência é a atriz Giovanna Antonelli, que atualmente interpreta a delegada Heloísa, na novela “Salve Jorge”, da Globo. A cor e o estilo das madeixas da atriz encabeçam a lista dos visuais mais pedidos pelos telespectadores da emissora.

“As brasileiras querem naturalidade”, afirma Ton Reis, o badalado cabeleireiro que criou o look de Giovanna para a novela. Ele usou um fundo de cor número 7 (loiro escuro - vale lembrar que a cor varia de acordo com a base natural) com "highlights", que são aquelas luzes ultra finas, no tom mel/canela. Segundo o hairstylist, o castanho chapado, monocromático, estará em baixa. “As morenas devem buscar as mechas douradas, mas nada marcado”, afirma Ton.

A colorista Jô Nascimento, do Espaço Jô Nascimento, em Limeira (SP), também desaconselha o look com um único tom. Segundo a profissional, a tendência é a busca por visuais mais próximos dos reais. Uma aposta? O duo de cores, que deve predominar nesta estação e também no inverno. “Os dois tons podem conversar ou contrastar, sempre usando o mais escuro na área da nuca e têmporas”, explica Jô.

Fios de ouro
Ao contrário do que aconteceu nos anos anteriores, as nuances mais claras irão predominar na estação, por isso o castanho Giovanna Antonelli ganha força, mais iluminado do que nunca. “Além disso, quem é ou está loira não vai deixar de ser.” A afirmação é da cabeleireira Aldeni Ribeiro, especialista em loiras do salão Mozza Hair, em São Paulo. Mas isso não significa que não haverá mudanças. O platinado deixa de estar em voga. É a vez do dourado. “Saem o branco e o acinzentado. Nada de tons frios. Aposte nos beges e nuances mais quentes”, aconselha Aldeni.

Para Ton Reis, as loiras devem investir em mistura de três nuances diferentes. “As cores igualadas são sem graça e não dão o efeito de  profundidade ao cabelo”, explica. Jô acredita que a principal técnica para obter esse resultado é a Balayage Riviera, um efeito de madeixas mais claras do meio para as pontas e leves sombreados mais escuro no restante dos fios. “Dá um ar sofisticado e elegante”, diz.

Vermelho, sim!
O número de ruivas só aumentou. E essa tendência tem tudo para continuar. Quer uma prova? Os fios avermelhados de Paloma Bernardi ocupam o segundo lugar entre os visuais mais pedidos da Rede Globo. A cor é um sucesso. Porém, o lema da naturalidade também vale para quem gosta de mechas avermelhadas, portanto, nada de abusar no vermelhão. “Os acobreados estarão em alta por serem quentes e luminosos”, afirma Jô Nascimento. Ton Reis também aposta nos cobres e avisa: as nuances muito abertas, puxando para o laranja, devem ser evitadas. “Não indico aquela cor meio cenoura”, opina. O hairstylist ainda chama atenção para o fato de nem todas as pessoas combinarem com o vermelho. “O tom cai melhor nas mulheres de pele clara”, finaliza.

Topo