Cabelos

Cabelo pode deixar sua aparência dez anos mais jovem - ou mais velha

Getty Images
A atriz Jennifer Lawrence, de 22 anos, em dois momentos que parecem separados por décadas imagem: Getty Images

Carol Salles

Do UOL, em São Paulo

Cabelo é algo tão poderoso na nossa imagem que suas características e as escolhas que fazemos a seu respeito têm o poder de deixar nossa aparência bem mais velha ou jovem do que realmente somos. O impacto na imagem é tanto que um bom corte ou penteado podem ter o efeito de uma plástica.

Os especialistas são unânimes em concordar sobre o poder do cabelo na imagem de alguém, mas são também unânimes em afirmar que é preciso ter cautela ao apontar aquilo que  rejuvenesce ou envelhece num corte ou penteado. Isso porque muitos fatores entram em jogo na composição de uma imagem: o formato do rosto, a cor dos fios, a maquiagem, o estilo pessoal. Mas há um consenso: aquilo que dá dinamismo e movimento ao visual faz parecer mais jovem, e o que pesa ou “fecha” envelhece. De maneira geral, pode-se dizer que repartido no centro, rabos baixos e cortes retos têm o poder de adicionar anos ao RG. “Por outro lado, o penteado estilo Brigitte Bardot (com um leve topete no topo da cabeça), repartidos laterais e cabelo em camadas e desfiado passam um ar mais jovem”, diz o cabeleireiro Isac Muniz, do C. Kamura, em São Paulo (SP).

Dica final: antes de achar que só o que rejuvenesce vale a pena, lembre-se que em determinadas ocasiões, como em entrevistas de emprego formais, um visual mais sério é desejável. E penteados ou cortes muito juvenis em mulheres mais maduras só reforçam a idade. Confira a galeria e comente: você concorda com a opinião dos especialistas?

Topo