Beleza

Pele com efeito matificado, febre nos anos 90, ensaia volta renovada

Getty Images/Montagem/UOL
Ralph Lauren, Balmain e Altuzarra levaram o acabamento matte para as passarelas imagem: Getty Images/Montagem/UOL

Carol Salles

Do UOL, em São Paulo

A pele matificada – sequinha, sem vestígios de oleosidade – é a nova-velha tendência da maquiagem. Muito usada nos anos 90, volta com força, impulsionada pelo revival desta década, que trocou os excessos dos anos 80 pelo minimalismo, cuja bandeira é “menos é mais”. “Além disso, esse tipo de acabamento na maquiagem combina muito com a mulher brasileira, que costuma ter a pele oleosa ou mista”, explica o maquiador Sadi Consati, de São Paulo.

A diferença é que, há 20 anos, a tecnologia cosmética não era tão avançada, e o resultado era uma pele sequinha, porém pesada. “Nos anos 90, tínhamos basicamente dois tipos de produto para a pele - o pancake e a base líquida. Hoje temos hidratantes coloridos, base em spray, cremosa, primer, BB cream, sérum, etc. Isso permite que tenhamos um efeito para cada momento, cada idade, tipo de pele etc”, diz o maquiador Wilson Eliodorio, de São Paulo.

Truques para conseguir o efeito matificado:
- Primeiro, é importante limpar, tonificar e hidratar a pele. Para este último passo, escolha um hidratante específico para peles oleosas, de preferência que traga, no rótulo, a indicação de ser um produto matificante.
- Com um pincel chato, aplique um primer antes da base. O produto cria uma película finíssima sobre a pele, absorvendo o brilho e facilitando a aplicação dos produtos seguintes.
- Use uma base livre de óleo e que também tenha efeito matificante.
- Pó é opcional. Se o efeito apenas da base já está satisfatório, leve o produto na bolsa e use-o apenas para retoques ao longo do dia, caso seja necessário.

Topo