Beleza

Testamos: autobronzeadores deixam a pele dourada em pleno inverno

Rodrigo Niemeyer/UOL

Izabel Oliveira

do UOL, em São Paulo

O inverno marca a temporada da pele "branco escritório". Mas, se você é fã da tez bronzeada e não vai ao hemisfério norte curtir uma praia, os cremes autobronzeadores são a solução. Com preços para todos os bolsos e texturas para todos os gostos, é possível conquistar um tom dourado em apenas 30 minutos, com uma aplicação fácil.

  • Autobronzeadores em teste: ST. Tropez, O Boticário e Australian Gold

De acordo com a esteticista Sandra Regina Costa, do Maria Beleza - Salão & Estética, em São Paulo, os produtos são de rápida absorção e o resultado do bronzeamento é visível em pouco tempo. Contudo, para uma aplicação mais eficaz, a profissional sugere massagem e o uso de luva. "Para que o creme possa ficar uniforme e aderir bem à pele, é necessário espalhá-lo e massagear o local com movimentos contínuos e suaves. Alguns secam mais rápido e pedem mais cuidado", diz. O uso da luva evita resíduos nas mãos, que atrapalham na hora da aplicação, podendo deixar a pele desigual, além de evitar o amarelamento das palmas. A marca de autobronzeadores ST. Tropez, que acabaram de desembarcar no Brasil, por exemplo, comercializa uma luva específica.

Para manter o bronzeado, procure aplicar o produto semanalmente, além de promover uma esfoliação para eliminar as células mortas. A hidratação da pele é fundamental e deve ser feita diariamente. Também é recomendável esperar que o produto seque completamente antes de se vestir .

Topo