Beleza

Alimentação influencia a saúde da pele; faça boas escolhas à mesa

Thinkstock
O tomate é rico em licopeno, betacaroteno e vitaminas A, C e E, substâncias antioxidantes. E ainda tem poucas calorias imagem: Thinkstock

Louise Vernier e Rita Trevisan

do UOL, em São Paulo

Para quem busca manter a pele impecável e adiar o máximo possível o aparecimento das rugas e sinais, tratamentos estéticos não faltam. No entanto, não há nada que substitua os cuidados com a nutrição, que trata a pele de dentro para fora, conferindo maciez, elasticidade e brilho. Com a ajuda de nutricionistas e dermatologistas, listamos dez alimentos que deixam a pele mais bonita e saudável e outros dez que devem ser consumidos com moderação, sob o risco de prejudicar a aparência. 

Conte com eles!

Alguns alimentos são ricos em princípios ativos que beneficiam diretamente a pele: 
 
• Cenoura - é uma boa fonte de betacaroteno, precursor das vitaminas A e E. Tem efeito antioxidante e anti-inflamatório, além de facilitar o bronzeado. O ideal é comer uma unidade por dia. 

• Laranja - a vitamina C presente no fruto tem ação antioxidante que combate os radicais livres, principais causadores do envelhecimento da pele. Consuma uma unidade por dia.

• Peixes como salmão, arenque e sardinha - possuem ômegas, substâncias que previnem a inflamação e ajudam a tratar a acne. Além disso, a gordura desses peixes reforça a barreira hidrolipídica da pele, prevenindo a desidratação. Consumir um filé médio (150g), três vezes por semana, é o suficiente para começar a notar os benefícios.

• Mamão papaia - o fruto é rico em vitamina A, capaz de promover a renovação celular e a recuperação dos tecidos. Para isso, basta uma fatia uma vez ao dia. 

• Castanha-do-pará - rica em selênio, age como potente antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce da pele. O ideal é ingerir de duas a três unidades todos os dias. 

  • Thinkstock

    O iogurte fornece proteínas essenciais para a reconstrução dos tecidos; as frutas vermelhas são ricas em vitaminas C e E, que combatem os radicais livres

• Frutas vermelhas - frutas como amora, framboesa, morango e mirtilo são ricas em vitaminas C e E, que combatem os radicais livres, prevenindo o aparecimento das rugas. Consuma uma porção correspondente a uma xícara de chá dessas frutas por dia. 

• Iogurte - fornece proteínas fundamentais para a construção, reparação e renovação de todos os tecidos. A vitamina A também é fundamental para a saúde da pele. A recomendação é consumir um copo (200 ml), duas vezes por dia. Prefira as versões desnatadas, que possuem menos gordura.

• Chocolate amargo - fonte de polifenois antioxidantes, que reforçam a proteção da pele contra a radiação UVB e ainda ajudam a combater os radicais livres. Os mais indicados são os que contêm 70% de cacau. O ideal é consumir um quadradinho (10g) por dia. 

• Tomate - rico em licopeno, betacaroteno e vitaminas A, C e E, substâncias antioxidantes, o fruto previne o envelhecimento. Inclua quatro fatias do alimento nas saladas do almoço e do jantar, diariamente, para beneficiar a pele.

• Azeite - tem vitamina E, antioxidante responsável por diminuir o ressecamento da pele e acelerar o processo de cicatrização. No entanto, como é um alimento calórico, o recomendado é consumir não mais do que uma colher das de sopa duas, vezes ao dia. 

Com muita moderação

Outros alimentos provocam efeito totalmente contrário: intoxicam o organismo e deixam a pele sem vida. Por isso, o melhor é evitar o consumo: 
 

• Leite - as glândulas da pele contêm enzimas que convertem os hormônios presentes na bebida, levando a um processo que culmina no aumento da produção de oleosidade e na obstrução dos poros, e que pode resultar no aparecimento de acne em pessoas que já têm tendência a este problema. 

• Doces - o açúcar aumenta a quantidade de glicose disponível na corrente sanguínea. Esta glicose, por sua vez, se liga às proteínas responsáveis por manter a elasticidade e a firmeza da pele, impedindo que cumpram plenamente suas funções. 

• Sal - o ingrediente estimula a retenção de líquidos pelo organismo, favorecendo a inflamação da pele. Além disso, o inchaço deixa a celulite mais evidente.

• Bebidas alcoólicas - levam à desidratação do organismo, provocando a perda de umidade da pele e o aparecimento de rachaduras e fissuras.

• Café - uma quantidade maior do que quatro xícaras de café por dia favorece o aumento dos níveis do hormônio cortisol no organismo, levando ao envelhecimento da pele e à desidratação.

• Óleo de soja - quando utilizado para frituras, ele é absorvido pelo alimento. Em excesso, pode levar ao acúmulo de gordura, prejudicando a circulação sanguínea e a oxigenação das células da pele. Com isso, ela perde a elasticidade e as rugas aparecem.

• Mariscos - a ingestão diária destes alimentos aumenta a incidência de acne na pele, devido à grande quantidade de iodo que carregam.  

• Embutidos - alimentos como salame, mortadela e presunto são ricos em gordura saturada, sódio e nitratos, substâncias que promovem a inflamação da pele, a retenção de líquidos e ainda intoxicam o organismo, acelerando o envelhecimento precoce.

• Pães e massas - no organismo, eles são convertidos no mesmo tipo de açúcar dos doces, prejudicando a elasticidade e a firmeza da pele. 

• Carne vermelha - contém grande quantidade de gordura saturada, que pode prejudicar a circulação e a oxigenação das células, além de acelerar a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento.  

 
Consultoria: Claudia Talan Marin, nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP); Daniela Cierro, nutricionista consultora da Associação Brasileira de Nutrição; Érica Monteiro, dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); Patrícia Bertolucci, nutricionista pela Universidade Federal de Goiás (UFG); Roberta Pacca, nutricionista da Food Coach Consultoria Nutricional.

Topo