Beleza

Esfoliação elimina células mortas e renova a pele para a estação

Thinkstock
A esfoliação remove as células mortas, limpa profundamente, estimula a produção de colágeno e prepara a pele para a hidratação imagem: Thinkstock

Lika Rodrol

Do UOL, em São Paulo

Com a chegada da primavera, a pele, antes coberta milímetro por milímetro por casacos e meias-calças, fica mais exposta. Por isso, uma aliada importante na temporada para conseguir uma pele bonita é a esfoliação, que remove as células mortas, limpa profundamente, estimula a produção de colágeno, prepara a pele para a hidratação, diminui o aparecimento de manchas e ainda auxilia na penetração dos ativos de outros cremes, como anti-idade, anticelulite, antiflacidez e autobronzeadores.

Esse tipo de cuidado pode começar desde cedo, tanto no rosto quanto no corpo, já que aos 20 anos a epiderme (camada superficial da pele), começa a dar os primeiros passos para o envelhecimento. “A pele se renova normalmente a cada sete dias, mas essa renovação é irregular. Em algumas áreas permanecem células antigas, enquanto em outras, predominam as renovadas. Com a esfoliação, é possível acelerar o processo de renovação”, explica a dermatologista Ursula Metelmann, de São Paulo.

Hora certa

Engana-se quem pensa que esse tipo de tratamento deve ser feito apenas na época mais fria do ano, que deixa algumas partes do corpo bem ressecadas. “A esfoliação deve ser feita durante todo o ano. No verão, após tomar sol, o método uniformiza a pele e, no inverno, potencializa a hidratação”, recomenda a médica. Portanto, se você não cuidou da pele como deveria, aproveite a primavera para prepará-la para o verão, investindo em esfoliação seguida de hidratação.

Como usar
 
A aplicação é fácil. “O ideal é usar no banho porque facilita a remoção das células mortas. A esfoliação não pode ser agressiva, deve ser suave para não machucar a derme”, ensina Meire Parada, dermatologista de São Paulo. Faça movimentos circulares e ascendentes na pele úmida. De acordo com as especialistas, basta evitar a região das pálpebras, no caso da esfoliação facial. E nada de repetir o procedimento diariamente. A esfoliação deve ser realizada uma vez por semana em áreas menos espessas e até duas vezes em regiões como joelho e cotovelo. Na hora da compra, opte por produtos que tenham grânulos arredondados, pois determinadas partículas podem ferir a pele. “Evite também a esfoliação se a pele apresentar algum ferimento, dermatite ou processos alérgicos”, aconselha Meire. 

Topo