Beleza

Efeito molhado nos cabelos é tendência e traz frescor para a estação

Getty Images/Montagem/UOL
Izabel Goulart e Jennifer Lopez em duas versões do efeito molhado imagem: Getty Images/Montagem/UOL

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

As passarelas já foram tomadas por eles. E o tapete vermelho também. Divas como Jennifer Lopez, Izabel Goulart e Taylor Swift já aderiram aos cabelos com textura molhada para eventos formais, inspiradas pelos últimos desfiles das principais semanas de moda do mundo, como John Galliano, Kenzo e Phillip Lim. Simples, elegante e fresco, o visual é a grande aposta da temporada, segundo Rudi Werner, cabeleireiro e proprietário dos salões da Rede Werner, no Rio de Janeiro.

Mas não é a primeira vez que essa moda pega. Ícone dos anos 1980, o look aparece repaginado. “A versão atual é mais elaborada, com um toque sofisticado. Ao contrário da anterior, que era mais casual e esportiva”, comenta Werner. O melhor é que o visual é democrático e pode ser usado por todos os tipos de cabelos e comprimentos.

Modo de usar

Conquistar o visual é mais simples do que parece. Primeiro, é preciso lavar os fios e retirar o excesso de umidade com uma toalha ou até com um secador de cabelos, porém na velocidade baixa e com a temperatura média. O ideal é que os cabelos estejam úmidos, nem muito secos ou muito molhados. “Os produtos mais indicados para ter à mão são os géis, por terem textura fluida, brilhante e serem livres de óleo, e sprays de brilho, que não pesam nos fios e acentuam o brilho, por terem partículas de silicone volátil”, explica o cabeleireiro.

A aplicação dos produtos deve ser sempre em camadas e gradativa, até conquistar o efeito desejado. Nunca use uma grande quantidade de uma vez. Há duas versões do look molhado: o certinho e penteado e o displicente, como se estivesse saindo da piscina. “Ambos são tendência! A diferença está no uso do pente. O gel permite essa brincadeira. Se quiser uma textura "sujinha", não use o pente, apenas aplique o produto com as mãos. Para a textura clássica e limpa, basta modelar com um pente conforme o desejo e a necessidade”, conta o cabeleireiro e maquiador Wilson Eliodorio, de São Paulo.

Depois de modelar os fios com o gel, o spray de brilho finaliza o look, intensificando a textura molhada. Mas, se você não quiser um penteado construído e, sim, manter o toque e o balanço natural dos fios, use apenas o spray de brilho nos fios úmidos. Para quem tem cabelos cacheados, a dica de Eliodorio é aplicar uma leve camada de gel nas pontas e, em seguida, usar um creme para pentear, pois ele ajuda a dar definição e resistência aos cachos. Assim, eles duram por muito mais tempo e não perdem sua forma natural.

Penteados sob medida

A tendência é versátil, mas algumas apostas são certeiras na hora de compor o visual. “Para uma festa formal, use um coque laqueado. Na praia, uma trança desestruturada. Em um jantar informal, um solto com ondas definidas”, aconselha Eliodorio. É possível também misturar texturas. Por exemplo, um molhado na raiz e com as pontas secas. Ou ainda a raiz seca com uma trança molhada.

Além do cabelo, vale ficar atenta ao resto do look também. Por isso, Rudi Werner dá um conselho precioso. “Com este estilo nos fios, é importante não descuidar da aparência da pele e da maquiagem, que ficam em maior evidência e ajudam a realçar o efeito da produção, pois um penteado molhado não é sinônimo de "cara lavada". Além disso, os acessórios, como brincos e presilhas para os cabelos em tons turquesa, coral ou nacarados ajudam a reforçar a ideia do look”, sugere.

Cuidados importantes

O principal deslize para este tipo de look está na textura dos fios. É preciso tomar cuidado para que eles não pareçam estar sujos ou oleosos, causando uma má impressão. Para Wilson Eliodorio, o segredo está na quantidade de produto usado. “Se quiser somente o efeito de resistência, use pouco produto e seque com o secador. Se quiser o efeito bem molhado, aplique bastante gel em camadas, mecha a mecha, modele e deixe secar naturalmente”, ensina. Procure fazer a aplicação de forma homogênea e evite produtos oleosos. Outro cuidado importante é com quem tem pouco cabelo ou fios muito finos. Ao finalizar o penteado, veja se não ficaram falhas na raiz e se os fios não ficaram agregados demais no couro cabeludo. Nesses casos, é preciso atenção redobrada. 

Topo