Beleza

Rugas, olheiras e bolsas na área dos olhos têm solução; veja como lidar

Thinkstock
Nada de fatias de pepino! Veja as dicas abaixo e aprenda como tratar os problemas mais comuns na região dos olhos imagem: Thinkstock

Isabela Leal

Do UOL, em São Paulo

A região dos olhos é delicada – está em constante movimento, é uma pele muito fina, por natureza, e umas das áreas que mais sofre com os maus hábitos, como pouco sono, má alimentação e pouca ingestão de água, que resultam em olheiras, ar de cansaço e bolsas na pálpebra, aquele volume típico embaixo dos olhos, que compromete a leveza do olhar. “Trata-se de uma região onde a epiderme é três vezes mais fina do que o restante do rosto”, afirma a dermatologista Tatiana Oddo, de Niterói (RJ), referindo-se à camada superficial da cútis.

Justamente por ser fina é mais sensível e vulnerável aos danos precoces. Resultado: formação de linhas finas que, dependendo da idade e do desgaste da pele, podem ser profundas; olheiras e inchaço. Esses são os problemas mais comuns que atingem essa região. Para poder prevenir e tratar pontualmente cada um deles (ou todos), conheça a seguir, as causas desses fatores e os cosméticos mais adequados para combater os sintomas e manter um olhar mais jovem e bonito.


Rugas finas
Os sinais precoces na pálpebra inferior e na lateral dos olhos (pés de galinha) são o problema que mais atinge a área dos olhos. Causadas por falta de hidratação, vícios de expressão (trejeitos repetidos e constantes) e excesso de sol, sobretudo, as linhas finas podem ser tratadas com certa facilidade  – basta adotar um bom protetor solar, usar um hidratante adequado na região dos olhos diariamente e fazer leves massagens (bem suaves) ao aplicar os cremes para deixar a área bem relaxada.

A dica aqui é turbinar a hidratação com ácido hialurônico e os derivados da vitamina A, como retinol, retinaldeído e ácido retinoico, principalmente. Além deles, vitaminas C e E, D-Pantenol, e ácido glicólico também ajudam. “Os derivados da vitamina A têm um efeito de renovação celular leve e hidratação; o ácido hialurônico traz a sensação de preenchimento e também hidrata”, afirma Samanta Nunes. “Os produtos com efeito cinderela, que contêm tensine e liftiline, são indicados para serem aplicados antes da maquiagem para dar um up no olhar”, completa a médica.

Inchaço (bolsas palpebrais)
As bolsas são causadas por retenção de líquidos, alimentação rica em gorduras, excesso de álcool e privação de sono, principalmente. Os olhos ficam inchados e dão um ar pesado ao rosto. “A alimentação tem relação direta com esse sintoma. Bebidas alcoólicas, excesso de sal e pouca ingestão de água durante o dia são fatores que pioram e evidenciam o volume das bolsas. Os cremes ajudam, especialmente se massageados na região pela manhã, período em que essa área fica sob ação da gravidade, depois do repouso. Assim a massagem, de dentro para fora, favorece a drenagem”, declara a dermatologista Samanta Nunes, de São Paulo.

Os cosméticos ideais para amenizar o volume especialmente sob os olhos devem conter ativos refrescantes, antioxidantes, vasoconstritores ou calmantes. Alguns exemplos: cafeína, retinol, vitamina C, arnica, chá branco, polifenois, alcaçuz, ácido hialurônico, lotus rutina e ginko biloba, entre outros. As versões em roll-on são geladinhas e isso também traz alívio e ajuda a drenar.

Olheiras
A hiperpigmentação na região dos olhos traz um ar de abatimento ao rosto e envelhece. Os motivos são os mais diversos, mas a boa notícia é que uma das principais causas, a exposição excessiva ao sol, é evitável com o uso regular de um protetor solar. Além do sol, influenciam na formação de olheiras, a genética, fatores alérgicos e raciais (os descendentes de árabes, por exemplo, são mais propensos). Até mesmo a coloração dos vasos sanguíneos em peles muito finas e claras pode provocar um reflexo escuro na região. E os velhos conhecidos fatores externos como estresse e noites mal dormidas, que denunciam através dos olhos que o descanso não está sendo suficiente.

As propriedades principais que os cremes para olheiras devem ter são efeito clareador e suavizante. Entre os ativos eficazes para combater o problema estão: vitamina C, ácido fítico, arbutin e ácido kójico.

 

Aprenda uma massagem facial para minimizar rugas e flacidez

Topo