Beleza

Atualize a cor dos fios com as técnicas de luzes que estão em alta

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

Se você está à procura de uma transformação, mas não sabe exatamente qual, as luzes promovem mudanças sutis, porém de impacto, no visual. Um dos recursos de beleza mais comuns nas estações quentes, elas podem ser feitas de diversas maneiras. Para você optar por um visual antenado sem escorregar na escolha, especialistas contam quais são as luzes do momento, os tons mais badalados e qual combina mais em cada tipo de cabelo.

Sombra e luz

Manter a raiz mais escura é uma opção, como na técnica lançada pela L’Oréal Professionnel chamada Ombré Carioca Ipanema, que teve como idealizador o colorista Juha Antero, do M.G Hair Design, em São Paulo. “São mechas de resultado dramático com um contraste marcante entre sombra e luzes”, comenta. Os fios ficam com uma diferença de tom bem grande da raiz às pontas, de jeito sensual. Fica bem para loiras e morenas, que podem adaptar o tom do clareamento de acordo com sua preferência. Tal efeito é remanescência das tradicionais Mechas Californianas, que marca presença há muitos verões. Segundo Wilson Barros, colorista do Crystal Hair, no Rio de Janeiro, ela continuará em alta, por conta da simplicidade do conceito: raiz nada, ponta tudo. Além disso, não requer retoque constante, por estar bem longe da raiz, e não torna a pessoa automaticamente loira. A raiz se mantém natural e só as pontas clareiam. O tom do loiro vai de acordo com o cabelo, podendo ir do platinado ao acobreado.

Efeito sublime

Outro estilo que faz jus ao nome luzes, porque a ideia é somente iluminar com suavidade os fios, sem deixar nada marcado é a técnica Summer Shine. O cabeleireiro Felipe Freitas, do HBD Spa, no Rio de Janeiro, trouxe a técnica ao Brasil, que é conhecida como mechas parisienses. Não há degradê, apenas um toque de brilho extra. “O procedimento é totalmente personalizado, feito a partir de uma análise do cabelo e da pele da aspirante à loira. As pessoas com peles mais beges devem apostar nos tons mais quentes. Já em peles mais escuras, o ideal é investir em cores mais neutras”. A técnica é feita a mão livre e sem utilizar plaquetas ou papel alumínio. Nos mesmos moldes aparecem as técnicas Mechas Invisible, a Ombré Carioca Leblon e as Mechas Luminosas de Verão. A primeira, segundo Malu Souza, cabeleireira do Jacques Janine Augusta, em São Paulo, é ideal para quem quer clarear os fios, mas sem deixar na cara que clareou porque consiste em mechas ultrafinas, em tons próximos aos naturais e vale para todas as cores de cabelos.

O segundo procedimento trata-se de um ombré suave e luxuoso, criado pelo colorista Ivaldo Lima, sócio do Stylo Hair, de Curitiba, lançado pela L’Oréal Professionnel. Combina com todos os tons de cabelo porque os fios são clareados gradativamente, até as pontas, sem nada marcado. "Esta técnica tem resultado chique natural, para cabelos iluminados no contorno do rosto e nas pontas", comenta Ivaldo. Por último, as Mechas Luminosas de Verão são o lançamento da Wella Professionals, criada em parceria com o cabeleireiro Miguel Estelrich, diretor técnico da Intercoiffure. A proposta também consiste em um cabelo sem contrastes. "O foco é na harmonia, com mechas sem marcação. Assim, as mulheres estarão sempre elegantes, com aparência natural, o que é uma forte tendência para 2014", conta Miguel. A técnica é realizada da raiz às pontas por igual e proporciona um resultado único e delicado para cada cabelo, já que as luzes são personalizadas de acordo com o rosto e estilo da mulher. E, por ter um efeito suave, cai bem tanto para loiras como para morenas.

Mix de técnicas e tons

Já que nem sempre é fácil escolher apenas um estilo de luzes, também é possível mesclar várias técnicas para ter um resultado mais personalizado. "Dependendo do comprimento, da textura e da quantidade de cabelo que a mulher tem, é possível misturar algumas técnicas, como californianas, invisible e ombré hair, na tentativa de criar um ar mais sofisticado e suave. Os tons mais procurados são prateados, levemente dourados e tons camurça", conta Malu Souza. A ideia da mistura é que cada uma tenha um cabelo diferente. Fios que iluminam em volta do rosto, ou mais marcados só nas pontas etc. "Para cabelos castanho-claro, é possível aplicar um loiro platinado, suavemente dourado. Já para os mais escuros, o ideal é fazer luzes em tons de avelã, levemente iluminadas", completa. Segundo a cabeleireira, o maior erro que se pode cometer quando o assunto são luzes é exagerar no loiro, pois, além da probabilidade de não combinar com o tom de pele e personalidade, a descoloração ainda pode gerar danos extras aos fios. Por isso, vale lembrar que quem tem luzes deve usar produtos para cabelos tingidos e/ou descoloridos, hidratar semanalmente e apelar para a reconstrução mensal.

Topo