Beleza

Veja dez passos para desintoxicar a pele dos excessos do verão

Thinkstock
Após meses de sol, sua pele merece um descanso. Limpeza e hidratação profunda são um bom começo imagem: Thinkstock

Isabela Leal

Do UOL, em São Paulo

Depois de ser exposta ao sol, sal, cloro e uso excessivo de protetor solar por pelo menos cinco meses --de novembro a março, período de intenso calor no Brasil-- a pele do rosto sofre um profundo desgaste. Agora, some a isso o intensivão do Carnaval, com maquiagens pesadas, às vezes feitas com produtos inadequados e agressivos, e a poluição do dia a dia. A combinação desses fatores leva à intoxicação da pele, que, nesse período pós-verão e festas, pede uma trégua.

Para ajudá-la a promover uma limpeza eficaz e purificante e, ao mesmo tempo suave para evitar mais desgaste, o UOL Beleza conversou com duas dermatologistas, Daniela Lemes, do Rio de Janeiro, e Flávia Martelli, de São Paulo, e com o farmacêutico Silas Arandas, mestre pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e professor do Instituto Racine. Veja a seguir, dez dicas eficazes para uma limpeza profunda e completa que, inclusive, podem ser adotadas no dia a dia, ao longo do ano. É possível fazer esse detox de casa, com produtos simples e fáceis de encontrar.


1) Limpeza, o primeiro passo
A limpeza da pele mais ressecada deve ser suave, feita com um sabonete em torno de pH 5 (não neutro) e que contenha hidratantes na fórmula. As versões em barra são mais abrasivas e devem ser evitadas nesse tipo de pele. Para a pele oleosa, os sabonetes faciais devem conter substâncias adstringentes, aquelas que controlam a oleosidade, como, por exemplo, hamamélis, própolis, arnica e camomila. Sabonetes de limpeza profunda devem ser usados com parcimônia, pois podem agredir especialmente a pele seca e também as cútis mais maduras. Após a limpeza, é necessária a aplicação de uma loção tônica para complementar a higiene e também um creme hidratante, para reequilibrar as condições do tecido.

2) Adeus, células mortas
Esse é um problema típico da pele que sofreu danos. Além de ter cosméticos prontos que combatem o problema, é possível aplicar uma máscara após a limpeza habitual (com sabonete) e fazer uma esfoliação natural, com ingredientes caseiros. O farmacêutico Silas Arandas sugere uma receita bem simples: misture meio copo de iogurte natural (sem açúcar) a uma colher de sopa de aveia em flocos finos, uma colher de sopa de fubá e uma colher de chá de mel. Aplique essa máscara no rosto, fazendo movimentos suaves, circulares e ascendentes (de baixo para cima) por no mínimo cinco minutos. Esse tempo de aplicação pode chegar no máximo a dez minutos. Em seguida, retire apenas com água.

3) Tônico
A loção tônica complementa a limpeza do sabonete, acalma a pele e traz frescor, além de fechar os poros, ativar a circulação local e restabelecer o pH da pele, que, em alguns casos, pode ser alterado pelo sabonete, mesmo sendo este adequado ao tipo de pele. Peles secas e normais exigem um tônico hidratante ou calmante. Já as versões adstringentes são indicadas para a cútis oleosa. Mas, nos dois casos, o produto precisa ser leve, livre de álcool, de óleo, com ação não comedogênica (que previne cravos) e hipoalergênico. A água termal também faz as vezes de um tônico. E, se for gelada (sim, basta manter na geladeira), melhor ainda, pois revigora as peles mais secas e irritadas, promovendo uma ação refrescante.

4) Olheiras e cansaço
A dica para dar jeito nesse abatimento é aproveitar os benefícios do chá de camomila: prepare a infusão bem concentrada e reserve na geladeira. Em seguida, aplique a solução com gaze ou algodão umedecido em todo o rosto, e deixe por alguns minutos sobre a pele, como se fosse uma compressa. Lave o rosto apenas com água. A solução gelada contribui para a constrição de vasos, reduzindo o inchaço. Além disso, a camomila é rica em substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, um bálsamo para essa ressaca do verão.

5) Esfoliação
A esfoliação suave, feita em casa, tem grande efeito para revitalizar e limpar a pele. Para isso, pode-se usar um sabonete com ação esfoliante que contenha ácido salicílico, por exemplo, que promove uma esfoliação química. As versões com microgrânulos, que conferem um efeito de esfoliação física, também são indicadas, mas devem ser evitadas pelas peles muito secas, maduras ou sensíveis, por seu poder abrasivo. A frequência da esfoliação varia de acordo com o tipo da pele: uma vez por semana ou a cada duas semanas, nas peles secas; duas vezes por semana, nas oleosas e, em dias alternados ou até diariamente, nas peles menos sensíveis.

6) Poder dos peelings
O peeling nada mais é do que uma esfoliação mais profunda. O tratamento até pode ser feito em casa, com cremes de venda livre, à base de ácido glicólico a 5%, por exemplo, ou a 10%. Porém, nessa concentração mais alta, é necessário indicação médica. Nos casos de danos avançados, o peeling deve ser feito em consultório, após avaliação de um dermatologista. Após o procedimento, é aconselhável hidratar com cremes de ação calmante, com azuleno, aloe vera, extrato de camomila ou alfa bisabolol, entre outros, ou que contenham vitamina C e água termal.

7) Hidratação
Depois da limpeza e tonificação, ainda é necessário hidratar a pele. É melhor que o creme hidratante contenha vitamina E, ácido hialurônico, pantenol, ceramidas, ureia, PCA-Na, lactatos, glicerina, glicóis, água termal ou manteiga de karité, indicada principalmente para a pele seca.

8) Hidratação a jato para peles secas ou maduras
Esses dois tipos de pele são as que mais sofrem com a desidratação advinda do desgaste da ação do sol, sal e cloro. Nesses casos, a indicação é o tratamento Skin Booster (hidratação feita em consultório), que consiste na aplicação de ácido hialurônico injetável, com baixa concentração, que, além de hidratar, estimula colágeno. O método devolve o brilho às peles muito ressecadas.

9) Pele renovada com óleo de argan
Um procedimento coringa para hidratar todos os tipos de pele é a Máscara de Ouro Marroquino, à base do queridinho óleo de argan, ativo com alto teor de vitamina E, que hidrata, combate o ressecamento e o envelhecimento, melhorando a elasticidade da pele, além de ter ação antioxidante e anti-inflamatória. Oferecida em clínicas de estética, essa máscara contém ácido hialurônico, que mantém a umidade natural da pele e previne o envelhecimento.

10) Radicais livres
Todo esse desgaste a que a pele é exposta, seja no verão, Carnaval ou até mesmo no dia a dia, favorece a produção de radicais livres, partículas que causam a oxidação da pele e, consequentemente, o envelhecimento. Para se proteger desse efeito nocivo, vale aplicar uma máscara de cacau, ingrediente rico em compostos polifenólicos --ativos antioxidantes. Anote: misture meio copo de iogurte natural; uma colher de sopa de mel; uma colher de sopa de cacau em pó. Aplique suavemente, fazendo movimentos circulares, e deixe em contato com a pele por, no mínimo, dez minutos. Em seguida, lave o rosto apenas com água.

Topo