Beleza

Sabonete em barra ou líquido? Veja as vantagens e desvantagens de cada um

Getty Image
Os dois são adequados para a pele, por isso, a decisão deve considerar preferências individuais imagem: Getty Image

Marina Oliveira e Rita Trevisan

Do UOL, em São Paulo

Com a variedade de sabonetes disponíveis hoje, é quase impossível não ter dúvida sobre qual escolher para limpar a pele. Afinal, não são só os perfumes que diferem, mas também a forma de apresentação. “Se tem algo que evoluiu muito nos últimos tempos foi a produção de sabonetes. Atualmente, tanto os líquidos quanto os em barra costumam ter os mesmos ingredientes, dissolvidos de maneiras diferentes. Portanto, do ponto de vista dermatológico, tanto faz”, diz a dermatologista Ligia Kogos, de São Paulo. Segundo a médica, o avanço dessa área cosmética permitiu que até os sabonetes em barra se tornassem menos agressivos. “Antes, as versões em barra eram consideradas piores, por serem produzidas com gordura animal. Mas hoje, grande parte desses sabonetes é feito com gordura vegetal, o que os torna mais delicados”, explica.

Para a dermatologista Aparecida Machado de Moraes, professora do Departamento de Clínica Médica da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), o que importa mesmo são os ingredientes da fórmula que, de fato, vão entrar em contato com a pele. “Tanto o sabonete em barra quanto o líquido são adequados para o corpo. O que define a indicação é a composição”, afirma.

Sendo assim, vale focar a atenção nos rótulos dos sabonetes. Para as peles secas, o recomendado é investir em produtos que contenham ingredientes como glicerina, lanolina, óleos vegetais, extrato de coco, silicone ou dimeticone, ceramida e lactatos. Já as oleosas dever ser higienizadas com produtos compostos por ácido salicílico, sulfacetamida sódica, enxofre e extratos de ervas. A pele normal é a que mais se beneficia da oferta de produtos. “Basta que o sabonete tenha ácido cítrico na fórmula para se aproximar do pH desse tipo de pele”, diz Ligia.

A escolha, então, vai depender da preferência individual. Essa decisão pode levar em conta outros fatores, como os que listamos abaixo. Confira:

Sabonete em barra

Vantagens:
- A versão sólida é mais econômica e tende a durar mais do que a líquida.
- A embalagem, nesse caso, é menor, o que também é bom para o meio ambiente.
- Sabonetes em barra dispensam o uso de esponja e podem ser aplicados diretamente no corpo.
- Na versão sólida, podem ser adicionadas partículas esfoliantes mais eficientes para tratar áreas do corpo que tendem a desenvolver cravos, como colo, costas e nádegas.

Desvantagens:
- Sabonetes sólidos tendem a concentrar mais compostos químicos e, por isso, alguns são mais difíceis de espalhar no corpo.

Sabonete líquido

Vantagens:
- Para ser compartilhado por mais de uma pessoa, esse formato é o mais higiênico.
- A fluidez da fórmula promove a sensação de homogeneidade na aplicação, ou seja, você sente que o corpo todo foi realmente limpo.
- Pessoas com pele normal no corpo e no rosto podem usar o mesmo sabonete líquido para a higienização completa. Homens também podem tirar proveitos das versões de cosméticos que trazem num só produto sabonete líquido, xampu e espuma de barbear.

Desvantagens:
- Sabonetes líquidos são mais caros que as versões em barra.
- Para espalhar o produto corretamente na pele, é preciso usar uma esponja.

 

Topo