Cuidados com a pele

Óleos faciais nutrem, hidratam e podem beneficiar até as peles oleosas

Carol Salles

Do UOL, em São Paulo

Os óleos, por conta de sua textura, sempre foram substâncias impensadas para serem usadas na pele do rosto. Mas esse conceito deve ser modificado, já que o produto tem poderosa função hidratante e pode ser utilizado até em peles oleosas.

Queridinhos entre famosas como Eva Mendes, Marion Cottilard e Emma Stone, os óleos são a aposta da vez . “Para o tratamento facial, são utilizados os óleos vegetais, extraídos de plantas, flores, frutas, sementes e até raízes. Além do cheiro agradável, são ricos em nutrientes, vitaminas, ácidos graxos e antioxidantes e, portanto, podem ser muito úteis no cuidado com a pele”, explica a dermatologista Vivian Loureiro, da Clínica Thais Guerreiro, em São Paulo.

Mas cuidado para não confundir o óleo vegetal com o mineral, que é derivado do petróleo e muito comum em outros tipos de cosméticos. O produto funciona como lubrificante e não hidratante. Além disso, não é tão rico em nutrientes quanto os óleos de origem vegetal e, por ser mais viscoso e “pesado”, pode obstruir os poros e favorecer o aparecimento de espinhas.

Hidratação
A principal função do óleo vegetal é hidratar. Ao ser absorvido pela pele, ajuda a restituir a camada natural de água e gordura que serve de proteção, diminuindo assim a perda de líquido para o meio ambiente e reforçando a barreira natural do órgão.

Em comparação com os hidratantes tradicionais, os óleos são absorvidos mais rapidamente e apresentam menor risco de irritação ou reação alérgica. “Mas, por outro lado, os hidratantes tradicionais podem trazer na sua composição substâncias com ações bem estabelecidas, como clareadora ou de proteção solar”, pondera Vivian. Na dúvida, consulte um dermatologista que avaliará o que é ideal para cada pessoa.

Qual o melhor óleo?
Para não errar na hora da compra, a especialista em aromaterapia, Sâmia Maluf, indica quais são os melhores óleos para cada tipo de pele. Veja abaixo.

Pele Acneica: óleos de semente de uva ou jojoba, que são bem levinhos, além de copaíba e melaleuca, por terem propriedades anti-inflamatórias

Pele Envelhecida: óleos de amêndoas, por serem excelentes hidratantes, além dos de café verde e semente de uva, por suas altas concentrações de antioxidantes.

Pele com manchas de sol ou acne: óleo de rosa mosqueta é o ideal, já que é rico em ácido transretinóico, que ajuda a aumentar a velocidade de regeneração dos tecidos.

Pele Sensível: óleos com propriedades calmantes, como calêndula ou camomila.

Pele Seca: óleos com semente de abacate e argan,  que são superemolientes.

Como usar?
Umedeça as mãos e pingue uma ou duas gotas do óleo nas pontas dos dedos. Coloque um pouco no centro da testa, nas maçãs e no pescoço. Então, deslize a ponta dos dedos em movimentos suaves, do centro para as extremidades do rosto. No pescoço, o movimento deve ser ascendente. Quanto mais deslizar a mão, mais a substância vai penetrar na pele. “Se achar que secou, é só umedecer as mãos novamente”, explica Sâmia Maluf.

Multifuncional
Além da sua principal função, que é hidratar a pele do rosto, os óleos vegetais podem ter mais usos, como primer antes da maquiagem ou produto antienvelhecimento, entre outros. Isso porque as substâncias agem como um antioxidante,  que restaura a pele castigada pelos efeitos do sol, do vento, da poluição e de impurezas em geral.

“Os antioxidantes presentes nos óleos vegetais protegem contra os danos do sol e retardam o envelhecimento. Quando aplicados ao redor dos olhos, por exemplo, garantem a hidratação da área e ajudam a atenuar as linhas finas de expressão”, explica Vivian Loureiro.

Peles sensíveis, com rosácea ou sensibilizadas por agentes externos também podem ser beneficiadas pelo produto, já que alguns possuem ação anti-inflamatória e calmante. Outros ainda apresentam propriedades antissépticas, ou seja, evitam a proliferação de fungos e micro-organismos.

Até quem tem o rosto com pele oleosa ou mista é favorecido pelos óleos faciais, mas devem ser utilizados, de preferência, aqueles que possuem uma textura mais seca. Alguns maquiadores também costumam aplicar o cosmético antes da maquiagem, para conseguirem um visual iluminado e fresco. Quem quiser remover impurezas ou retirar a maquiagem, também pode usar o produto.

Com tantas funções benéficas, não vai demorar para o óleo facial ser um item indispensável na rotina de beleza de qualquer mulher.

Topo