Tendências de beleza

Cabelos curtos são práticos e opção moderna para os dias frios; entenda

Tatiana Izquierdo

do UOL, em São Paulo

Cada vez um número maior de famosas adere ao cabelo curto. E, acredite, ele tem tudo a ver com a temporada outono/inverno, que traz para o dia a dia golas altas e acessórios, como cachecóis e echarpes. A época também é propícia para renovar o corte e eliminar as pontas ressecadas pelos excessos do verão. "Na Europa e nos Estados Unidos, as mulheres deixam os cabelos curtos no inverno por conta da rapidez ao secar e estilizar", explica o cabeleireiro Marcos Corazza, do salão Gilberto Cabeleireiros, em São Paulo. A atriz Kristen Stewart, porém, não esperou o inverno chegar e é a mais nova adepta dos fios curtinhos. Ela compareceu ao desfile da marca Chanel, durante a edição outono/inverno 2015 da semana de moda de Paris, com visual desconectado.

"Aqui no Brasil, o cabelo curto é uma opção para tirar as longas madeixas da mesmice", explica Corazza, referindo-se ao novo look da atriz Sophie Charlotte, que adotou o "joãozinho" para dar vida à personagem Duda, na novela das 23h da Rede Globo, "O Rebu". Para o visual não ficar masculinizado, os contornos do rosto devem ser bem desalinhados. Assim, os curtinhos podem ser estilizados de inúmeras formas, de um jeito moderno.

Estilos e variações
Quem quiser adotar o visual do momento precisa ousar e deixar o "long bob" -- chanel na altura dos ombros -- no passado. Um dos cortes em alta é curto nas laterais e nuca, mas tem a franja mais comprida, levemente desfiada. Para as mais tradicionais, a pedida é o "bob cut", que segue o formato da cabeça e termina na altura do queixo. A atriz Claudia Raia desfila o look atualmente, assinado pelo cabeleireiro Wanderley Nunes, do salão Studio W, em São Paulo. “A base do cabelo é reta, com pontas desproporcionais para dar movimento”, explica o profissional. A atriz viverá uma vilã cômica na próxima novela das 19h, “Alto Astral” (Globo).

Embora todas possam aderir ao cabelo curto, é necessário encontrar o que melhor se adequa ao formato do rosto. Ovais, quadrados ou retangulares ficam bem com todos os estilos, já os rostos redondos ficam com as formas em evidência. Para amenizar as linhas, uma franja longa é suficiente. 

Manutenção e cuidados
Quanto mais curto, mais rápida deve ser a manutenção, não ultrapassando 30 dias depois do corte. Para fios mais longos, deve-se observar o seu caimento e a velocidade de crescimento, não ultrapassando dois ou três meses. "Claudia (Raia), por exemplo, terá de aparar as pontas uma vez por mês, fazer reflexos a cada três meses e retocar a raiz a cada 15 dias, mantendo-a mais escura com tom acinzentado", explica Nunes.

A cada duas semanas é importante fazer uma hidratação, mesmo que caseira, com máscaras que agem no chuveiro. Muitas mulheres deixam de lado o condicionador por conta do comprimento, o que resseca as pontas e interfere na estilização. Por isso, use uma pequena quantidade do produto em todas as lavagens. Na hora de pentear, respeite o volume natural dos cabelos e também a linha do corte, para que as madeixas não fiquem desalinhadas. Cabelos curtos crespos e encaracolados dispensam pentes e escovas e podem ser moldados com os dedos.

Topo