Tendências de beleza

Fios metalizados e mechas "sombré" são novidades para coloração de inverno

Reprodução/Instagram
Bruna Marquezine exibe cabelos castanhos escuros iluminados com mechas "sombré" em tom de dourado imagem: Reprodução/Instagram

Tatiana Izquierdo

do UOL, em São Paulo

A estação muda, os cabelos também. Com a chegada do inverno, não apenas o corte, mas a cor também ganha atualizações. Geralmente as madeixas passam a exibir nuances mais apagadas, seguindo o que acontece com a pele, que perde o bronzeado. Por isso, as tendências em coloração giram em torno dos marrons e acobreados mais naturais. “A novidade da temporada fica por conta dos tons metalizados, melhor percebidos nos loiros, que passam a ser exibidos em visuais antenados, modernos e estilosos”, explica o colorista Juha Antero, do salão M.G Hair Design, em São Paulo.

As apostas de Wanderley Nunes, cabeleireiro à frente do Studio W, em São Paulo, também têm fundo metalizado. “Loiro areia, marrons frios e os acobreados dourados, com menos pigmentação vermelha, serão as cores mais usadas na temporada”, decreta. Nunes aposta também nas madeixas loiras para o inverno, com a raiz mais escura, compondo um degradê natural. “Para chegar corretamente ao loiro da temporada, é preciso passar por um processo de descoloração, reflexos e matização da cor”, ensina o profissional.

Loiros
Tendência na moda internacional, os tons metalizados são encontrados principalmente nas cores frias acinzentadas. Para conquistar o efeito metalizado, é preciso unir um tom frio a um quente, matizar os cabelos -- que consiste em tirar o amarelado e neutralizar a cor -- e investir em tratamentos de brilho. “O contraste deixa o efeito mais bonito, por isso o loiro é o mais utilizado para a técnica”, explica Juha Antero. “O loiro platinado com mechas douradas é o exemplo de metalizado ideal”, explica o profissional.

Ruivos
As atrizes Sophia Abrahão e Marina Ruy Barbosa alavancaram o ruivo ao estrelato. O tom acobreado adotado por elas permanece entre os mais pedidos e é ideal para o inverno porque é próximo do natural. Sendo assim, vermelhos intensos estão em baixa no momento. “Quanto mais natural, mais bonito o avermelhado fica. As mulheres estão fugindo da coloração com efeito muito artificial", completa Juha Antero.

Castanhos
Se as loiras ganham destaque com os fios metalizados, as morenas podem atualizar o visual com a técnica das mechas "sombré". Diferente do "ombré" e das californianas, as mechas garantem efeito sombreado e não ficam marcadas no comprimento, iluminando o visual com efeito de sobreposição. "A técnica é feita utilizando dois ou três tons mais claros que a cor de fundo. Saem de cena os cabelos com luzes marcadas e entra a naturalidade", explica Juha Antero. Para quem quer manter os cabelos iluminados, os tons de castanho canela e cacau são os mais indicados para a estação.

Cores e tom de pele
Em geral, as tonalidades de pele branca e morena clara são consideradas "frias", enquanto morenas e negras são classificadas como pele "quente".  Para saber qual é a sua, existe uma técnica simples: observar a cor das veias e vasinhos dos braços. Caso predominem tonalidades amareladas ou esverdeadas, ela é quente. Se for rosada ou azulada, é fria. Sendo assim, seja qual for a coloração capilar que escolher, o resultado será mais harmonioso se usar a mesma "temperatura" que a sua pele.
 
Respeitar o tom de pele na hora da tintura é importante para equilibrar e não empalidecer. “Basicamente, cabelos castanhos combinam com qualquer tom de pele. Ruivos com tom próximo do natural ficam bem em peles rosadas. Vermelhos mais intensos combinam com peles morenas”, explica Nunes. A coloração loira possui uma gama maior de cores, que permite brancas e negras escolherem um tom adequado. “Loiro é uma cor muito particular e cada mulher deve escolher o seu”, diz Wanderley Nunes.
Topo