Cabelos

Xampu a seco melhora a aparência dos fios sujos; conheça as vantagens

Shâmia Salem

Do UOL, em São Paulo

Com o tempo seco e a falta de água rondando São Paulo, uma das maneiras de economizar é diminuindo o tempo no banho. Por isso, deixar de lavar os fios todos os dias pode ser uma opção para auxiliar na solução do problema, mas nada de pânico: o xampu a seco está aí para ajudar a manter os fios limpos.

Ainda um pouco desconhecido, muitas pessoas não sabem exatamente qual é a função do cosmético, mas o xampu a seco é ótimo para dar um realce imediato no cabelo. “Muita gente não sabe que o xampu a seco foi criado para eliminar a oleosidade excessiva e o odor desagradável que os fios ficam quando estão sujos, independentemente da época do ano. A pessoa que precisa ficar apresentável, mas não tem tempo de lavar a cabeça, tem no xampu a seco um grande aliado”, esclarece a cabeleireira Mônica Aguirre, do salão Galeria, em São Paulo.

Como usar
Mônica recomenda borrifar o spray ou pulverizar o pó diretamente no couro cabeludo, com cerca de seis centímetros de distância e sempre em pequena quantidade; o ritual pode ser repetido se houver necessidade. Na sequência, basta massagear, para ajudar a distribuir melhor, e pentear, para espalhar no comprimento. Isso vale para todo tipo de cabelo.

O ideal é adotar o uso do produto uma vez por semana, no máximo, para não correr o risco de obstruir os poros do couro cabeludo, causar inflamações e até prejudicar o crescimento dos fios, além de deixá-los opacos, desidratados e com aspecto de empoeirados-- quando isso acontece, a única solução é ir para debaixo do chuveiro munida de xampu convencional mesmo. “Outro cuidado é o de não pesar a mão na hora do uso”, finaliza a profissional.

Um mito bastante comum é o de que o cosmético tende a deixar os fios duros, pesados e ressecados. “Esses problemas aparecem apenas quando você exagera na dose do xampu a seco ou o usa por dias seguidos sem lavar os fios. Para ter só o lado bom desse coringa da beleza, é preciso ter em mente que é um cosmético de emergência e não um substituto do xampu tradicional”, alerta o cabeleireiro Diego Queiroz, do salão M.G Hair Design, em São Paulo.

Cabelos com química
Outra entusiasta do xampu a seco, a cosmetóloga Joyce Quenca, de Londrina (PR), lembra que o produto é interessante inclusive para quem faz coloração, alisamento ou escova progressiva, já que o efeito das técnicas é prolongado se os fios não forem lavados com tanta frequência. “Nessas ocasiões, é válido utilizar o xampu a seco entre as lavagens com água, desde que isso não ultrapasse dois dias por semana”, completa. Ainda se dá bem com essa estratégia quem tem franja, que fica oleosa pelo contato direto com a pele da testa, e quem deseja fazer a escova ou a chapinha ficarem bonitas por mais tempo.

Topo