Beleza

Fazer as sobrancelhas em casa e sem erros é possível; saiba como

iStock
Usar um espelho fixo é essencial para tirar as sobrancelhas sozinha imagem: iStock

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

Ir a um profissional é sempre a opção mais indicada para cuidar das sobrancelhas, mas, no dia a dia, muitas vezes, é preciso dar um jeito e consertá-las por conta própria. E como sobrancelha é coisa séria --uma das grandes responsáveis pelas expressões do nosso rosto--, o UOL Beleza conversou com especialistas, que deram dicas práticas para não tirar nenhum pelinho a mais e, de quebra, sofrer menos com aquela dor chata.

O processo tem início com a escolha da pinça, que não pode ser de qualquer tipo. “Uma boa pinça faz muita diferença, pois evita que machuque a pele ou corte o pelo ao invés de retirá-lo”, explica Marcia Val, maquiadora e designer de sobrancelhas do MG Hair. As com pontas quadradas são as mais indicadas. Na hora da compra, cheque se os dois lados estão bem alinhados. E evite as com pontas muito finas.

Um ambiente bem iluminado também é essencial na hora de tirar as sobrancelhas. As mais indicadas são as luzes frias, que permitem que se enxergue melhor os pelos sem embaçar a visão. E não é recomendado segurar o espelho com uma mão e a pinça com outra, como muitas pessoas fazem. O ideal é ter um espelho fixo, para que seja possível manusear o objeto com mais liberdade e menos chances de erros.

Passo a passo certeiro
Antes de começar, é importante ter em mente que qualquer erro aparece demais no rosto. “Na dúvida, é melhor tirar menos pelos do que mais. O ideal é seguir o formato natural das sobrancelhas, só ajustando para que fiquem simétricas e desenhadas”, aconselha Megue Costa, maquiadora e designer de sobrancelhas do salão Emme, de Minas Gerais.

Pegue um lápis para sobrancelha, faça o desenho natural e retire com a pinça os pelos que ficarem de fora --puxe sempre o fio no sentido do seu nascimento. “Fazendo assim, fica mais difícil da pessoa mudar muito seu o formato da sobrancelha e acabar afinando-o com o tempo”, explica Marcia Val.

Com uma escovinha de sobrancelha --se não tiver, pode ser uma escovinha de máscara para cílios lavada--, penteie os pelos para cima e corte as pontinhas que estiverem sobrando.

Para as avançadas
Quem achar que tem um conhecimento mais avançado no assunto e quiser arriscar a mexer no desenho natural das sobrancelhas, algumas dicas são importantes para deixar tudo em harmonia.

Comece posicionando o lápis de sobrancelha ao lado do nariz, no sentido vertical. O local no qual a pontinha do lápis ficar será o começo da sobrancelha. Faça dos dois lados.

Para saber onde será o final do desenho, posicione o lápis na base do nariz em direção ao canto externo do olho, apontando para a sobrancelha. O lugar em que a ponta do objeto ficar, será o limite da parte externa do desenho.

Assim, é só tirar os pelos extras, que estiverem fora desses limites.

Como aliviar a dor
A dor ao tirar a sobrancelha é inevitável, mas algumas mulheres têm mais sensibilidade à dor que outras e, por isso, vale usar algumas artimanhas para aliviar o incômodo. A primeira dica é arrancar os pelos depois do banho. Isso porque o vapor e a água quente dilatam os poros e permite que eles saiam com mais facilidade. “Outra dica bem prática é esticar a pele ao redor do fio que vai ser extraído”, ensina Raphaella Bahia, maquiadora e designer de sobrancelhas do FR Microcenter.

Há quem ainda opte por usar lâmina ou cera para extrair os fios da sobrancelha. É uma tentação para tirar mais rapidamente os pelos, mas essa decisão pode acabar rendendo problemas. “A lâmina, apesar de indolor, proporciona um crescimento do pelo mais rápido que o da pinça. Aí, com menos de uma semana, você já perde o desenho e todo o trabalho que fez nas sobrancelhas”, alerta Marcia Val. Além disso, não há tanta precisão. Assim como a cera, que pode escorrer e arrancar pelos a mais. “A cera também tem um outro fator importante, que é a flacidez que pode causar na pálpebra com o tempo e o risco do aparecimento de manchas na região”, explica Megue Costa.

Cuidados antes e depois
É recomendado fazer um ritual de preparação da pele antes de iniciar o processo. Segundo Megue Costa, é bom fazer uma esfoliação, porque muitos pelos tendem a encravar e esse procedimento facilita a remoção. Depois de extraí-los, vale lançar mão de um gel pós-depilatório ou de uma máscara calmante, deixando de 5 a 10 minutos, para melhorar a vermelhidão que pode ficar na região. “Além disso, é imprescindível o uso de protetor solar, pois a pele fica sensível e pode manchar com o sol”, finaliza.

Topo