Tendências de beleza

Escolher base errada para a pele negra cria aspecto acinzentado; aprenda

Andrea Giusti

Do UOL, em São Paulo

Morenas e negras costumam ter dificuldade para escolher a cor certa da maquiagem. A base corretiva e o pó compacto viram grandes inimigos quando o assunto é uniformizar a pele e disfarçar as manchas indesejadas. O erro mais comum é exagerar no produto de tom mais claro e evidenciar as imperfeições. “As mulheres têm o costume de testar a base no antebraço e isso é errado. Produtos para o rosto devem ser sempre testados no rosto. Só assim você pode ter a certeza de que estará escolhendo a cor certa para seu tom”, ensina o maquiador Marcos Costa, consultor da marca Natura.

Para que não haja dúvidas, o maquiador Pablo Weber, que atende no salão Vimax Art Hair e Beauty, em São Paulo, explica que “a base sempre deve ser testada na parte mais escura do rosto, entre a ponta da orelha e o canto da boca”. Ao espalhar, se o produto desaparecer e deixar o resultado natural, sem aspecto acinzentado, é porque você acertou na escolha.

Para quem tem mais experiência no assunto, ainda é possível usar duas cores misturadas, de preferência com as bases líquidas, para encontrar um tom ainda mais próximo da realidade. “A maioria das negras e morenas tem a pele com fundo amarelado, o que facilita na hora de fazer as famosas misturas. Coloque quantidades iguais de uma base clara e outra mais escura, sempre aproximadas de seu tom de pele”, ensina o profissional.

O pó compacto pode, e deve, ser utilizado pelas mulheres de pele negra para ajudar na cobertura perfeita. “A dica de escolha da base vale também para o pó, que deve ficar natural. Escolha entre os tons de marrom e bronze”, orienta Marcos Costa. 

Topo