Últimas de Estilo de vida

Norte-americano faz curso para aprender a elaborar penteados em sua filha

Reprodução/Facebook
Greg Wickherst fez um curso para aprender a fazer penteados na filha de três anos, Izzy imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

Não basta ser pai, tem que participar. E o norte-americano Greg Wickherst de fato abraça a causa. Divorciado, ele vive com a fillha Izzy, de três anos de idade. Ao perceber que não conseguia fazer penteados na menina, se inscreveu em um curso de cabeleireiro.

Reprodução/Facebook
"Acho que a maior parte dos homens não tem ideia de como é fácil", disse Greg Wickherst, sobre penteados imagem: Reprodução/Facebook
"Eu queria tentar coisas diferentes no cabelo dela", contou ao "Buzzfeed" norte-americano. "Não queria ser o tipo de pai que não consegue sequer prender o cabelo da filha." Morando em Pueblo, no Colorado, Greg resolveu pedir ajuda no departamento de cosmetologia da Faculdade IntelliTec, onde trabalha.

Com um profissional de lá, testou estilos em um manequim e aprendeu não só a fazer bons rabos de cavalo, como a desenvolver diversos penteados que envolvessem até tranças.

"Fiquei surpreso quando descobri que era fácil", disse. "Eu sempre pensei que essas coisas eram muito especiais e complicadas de fazer. Pensava: 'Meu Deus, isso é tão bonito e tão simples!' Acho que a maior parte dos homens nem tem ideia disso."

Hoje em dia, ele testa várias formas nos cabelos de Izzy, ainda que nem sempre seja bem-sucedido. "Semana passada eu fiz dez rabos de cavalo e tentei juntar tudo em um penteado só. Ficou ok, mas nada de mais. No Facebook ele é chamado pelos desconhecidos como "the hair dad" ("o pai do cabelo", em tradução livre), e na rede social posta tutoriais e imagens dos penteados que faz em sua filhota. 

Reprodução/Facebook
"Acho que a maior parte dos homens não tem ideia de como é fácil", disse Greg Wickherst, sobre penteados imagem: Reprodução/Facebook
Topo