Últimas de Estilo de vida

Mulheres contam por que decidiram raspar os cabelos e dividem seus cuidados

Cecília Leite

Do UOL, em São Paulo

Enquanto muito se fala sobre tratamentos, produtos e penteados, há mulheres para quem esses temas ficam em segundo plano. Elas decidiram, por motivos diversos, raspar completamente os seus fios. Mas se você também pensa em encarar o visual, saiba que não é por isso que os cuidados com a cabeça se encerram.

Moda e beleza
A ausência de fios muda, entre outros detalhes, as partes do seu rosto que passam a ter mais evidência. Quem está careca pode reforçar a maquiagem dos olhos ou da boca para destacar os traços, além de investir em brincos grandes e compridos. “É prático acordar e não se preocupar com o penteado. A desvantagem é no frio, quando a nuca e as orelhas ficam descobertas e geladas”, conta a empresaria Alice Suete, careca há dez meses. A empresária Olga Gentil, careca há três, também se sente vulnerável durante as baixas temperaturas. “Tenho que lembrar de levar comigo uma touca ou acessório que esquente”, completa.

Careca há três anos, a maquiadora Luciana Leite a ponta a economia de dinheiro como outro ponto positivo. “Economizo no xampu, mas preciso investir no rosto, pois ele vira o foco principal. Cuido sempre bem da pele e procuro estar com uma maquiagem leve, só para dar um ar de saúde”, explica.

Lavagem
A economiza de condicionador está garantida; mas o xampu não perde espaço no box do banheiro. A lavagem garante a saúde do couro cabeludo. "Se os seus fios começaream a crescer, ele também é importante para garantir brilho e toque macio", explica a dermatologista Geisa Costa. A motivação da maquiadora Sabrina Simões foi raspar a cabeça justamente para se livrar de colorações antigas, que dão trabalho na lavagem e manutenção. Ela sofre com caspa, mas o problema não a impediu de decidir pelo corte que expõe o couro cabeludo. “Lavo a cabeça com sabonete de enxofre para tratar a caspa”, revela.

Proteção
É indispensável o uso do filtro solar diariamente na careca e o creme hidratante também indicado. “A versão de protetor em gel ou spray é melhor para quem possui o couro cabeludo oleoso e os de base cremosa favorecem se a região for ressecada”, explica Geisa. A estudante Juliana Neves conta que já ficou com a careca queimada e ardendo por falta de proteção: “Hoje uso filtro em spray, pois acho prático e tem a vantagem de não deixar os fios que sobram muito esbranquiçados logo depois da aplicação”, alerta. Usar proteção mecânica como chapéu e lenço é necessário quando o tempo de exposição solar for prolongado.

Manutenção
Raspar os fios com máquina nos salões de beleza nem sempre é possível, pois alguns profissionais recusam agendar um procedimento tão simples. Por isso, a dica é procurar por barbeiros, que normalmente topam fazer a tarefa. O penteado elaborado consome tempo e dedicação, mas se manter careca, mesmo que precise raspar todo mês, é uma experiência única. “Agora posso gastar mais tempo olhando no meu rosto, nos meus olhos e me percebendo mais em frente ao espelho”, finaliza Olga.

Topo