Vídeos

Dermatologistas apontam possíveis tratamentos realizados por Madonna

Getty Imagens
Madonna em duas aparições no MET: a primeira em 2011 e a segunda em 2015 imagem: Getty Imagens

Danielle Cerati

Do UOL, em São Paulo

Muito se falou dos looks das celebridades que passaram pelo tapete vermelho do MET Gala 2015, evento ocorrido na noite de segunda-feira (4) em Nova York, mas teve um assunto que rendeu ainda mais comentários nas redes sociais, instigando a curiosidade do público: a pele de Madonna.

Aos 56 anos, a cantora surgiu com uma aparência notavelmente rejuvenescida, comparada às aparições recentes. Seria apenas resultado da mudança de coloração dos cabelos, da adoção de fios longos e do uso de make HD, ou a fonte da juventude da popstar estaria também baseada em tratamentos estéticos? O UOL Beleza convidou as dermatologistas Ligia Kogos e Ana Lúcia Récio para apontarem as possíveis intervenções realizadas pela cantora.  

Fórmula da beleza 
Segundo a dermatologista Ana Lúcia Récio, de São Paulo, nenhuma maquiagem sozinha seria capaz de criar um efeito tão jovial e, entre os possíveis procedimentos, estão os lasers downtime, que causam um pequeno desconforto, como vermelhidão, e não exigem o afastamento das atividades diárias --já que em tão pouco tempo Madonna apareceu com o novo visual. “Esses são lasers realizados em três ou quatro sessões, que recuperam a textura, devolvem o brilho e a radiância da pele, além de minimizar a aparência dos poros”, explica.

Além deles, a dermatologista acredita que Madonna provavelmente investiu em preenchimentos faciais à base de ácido hialurônico e colágeno, para suavizar os sulcos nasogenianos --o famoso bigode chinês-- e também para disfarçar o excesso de cartilagem na ponta do nariz.

Para devolver a tonicidade perdida progressivamente pelo envelhecimento natural e a ação da gravidade, o tratamento com aparelho de radiofrequência, conhecido por firmar a pele, pode ter sido a saída encontrada para valorizar os contornos faciais e combater a flacidez da musculatura na região. “À medida que envelhecemos, acontece uma perda de colágeno e de tecido gorduroso, o que deixa o rosto mais magro e as cavidades evidentes.”

O uso da toxina botulínica na musculatura do masseter, aquela que fica em evidência quando cerramos os dentes com força, pode ter contribuído para o visual mais alongado do rosto de Madonna. “Muitos profissionais utilizam esse recurso para combater o ranger dos dentes à noite [bruxismo]”, acrescenta Ana Lúcia.

Para a dermatologista Ligia Kogos, também de São Paulo, a beleza apresentada por Madonna no MET é atribuída ao médico Fredric Brandt, profissional que cuidou da pele da artista por muitos anos, morto em abril último. Entre os recursos empregados estaria o lifting líquido, uma associação de ácido hialurônico com botox, especialmente na área das sobrancelhas e ao redor dos olhos.

“Isso resultou em um levantamento harmonioso e natural dos volumes do rosto, principalmente do terço inferior da face, criando esse aspecto mais afinado”, diz Ligia, que não acredita que Madonna tenha se submetido a uma bichectomia, cirurgia plástica para afinar as bochechas.

 
Topo