Beleza

Além de O Boticário, veja outras marcas de cosméticos a favor da causa LGBT

Do UOL, em São Paulo

A recente campanha da marca de cosméticos O Boticário para o Dia dos Namorados tem dado o que falar. A ação, que retrata diversos casais trocando presentes na data especial, levantou polêmica ao incluir um casal homoafetivo expressando o mesmo gesto de carinho dos demais heterossexuais, incluindo o público LGBT nas estratégias de marketing da empresa. A trilha escolhida foi uma versão instrumental de “Toda Forma de Amor”, hit de Lulu Santos, e o vídeo chamou a atenção pela quantidade de “não gostei” recebidos no YouTube logo nos primeiros dias de exibição –até esta segunda (1º), eram mais de 120 mil “não gostei” contra 59 mil “gostei”.

Uma ação promovida por internautas, contudo, conseguiu inverter o resultado e a propaganda conta agora com quase 190 mil pessoas a favor e 153 mil que se posicionaram contra a iniciativa de inclusão. Em nota à imprensa, a empresa comentou seu posicionamento. “O Boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha ‘Casais’, que estreou em TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor – independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual - representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista.”

Ainda que alguns tenham torcido o nariz, também foram vistas inúmeras manifestações de apoio à campanha em redes sociais como Twitter e Facebook.

Assim como O Boticário, outras marcas já perceberam a importância --também para os negócios-- não só do diálogo, mas principalmente da inclusão social do grupo formado por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros. A Natura, por exemplo, posiciona-se como a patrocinadora da novela “Babilônia”, que exibiu um beijo gay logo em seu capítulo de estreia, entre o casal interpretado por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg.

O ocorrido, como divulgado em março, provocou a ira do deputado federal da Frente Evangélica Marco Feliciano, que quis usar de sua influência para propor um boicote à empresa, pedindo, em seu perfil no Facebook, que as pessoas deixassem de comprar e vender produtos da marca e, ainda, que ela retirasse seu apoio oficial à trama da Rede Globo. Na época, a Natura se pronunciou dizendo que “há sete anos patrocina a principal peça de teledramaturgia brasileira, que trata de temas relevantes ao conjunto da sociedade” e que “não interfere no conteúdo criativo produzido, mas acolhe a pluralidade de pontos de vista e valoriza a tolerância”.

Veja abaixo outras empresas que acolhem a pluralidade e apoiam a causa LGBT:

Reprodução
imagem: Reprodução

M.A.C.
A marca canadense de cosméticos lançou a campanha M.A.C. Aids Fund em 1994 a fim de arrecadar fundos para portadores do vírus HIV por meio da venda do batom da linha Viva Glam. Entre as estrelas que participaram da ação em diversos anos estão a drag queen Ru Paul e os cantores Rick Martin, Elton John, k.d. lang e Fergie.

Reprodução
imagem: Reprodução

Clean & Clear
A adolescente transgênero Jazz Jennings estrelou a campanha “See the Real Me" ("veja o verdadeiro eu", em tradução livre) da marca de produtos para acne. A jovem contou em depoimento como foi difícil a adaptação entre os colegas de escola e aceitação no dia a dia.

Reprodução
imagem: Reprodução
Natura
O comercial da campanha “Toda relação é um presente”, criada para o Natal de 2013, despertou a reflexão sobre as diversas formas de presentear e como estar presente na relação com o outro.

Reprodução
imagem: Reprodução

Redken
A top brasileira transexual Lea T. foi anunciada como garota-propaganda da linha de coloração Chromatics da marca. Hoje ela já tem sua carreira estabelecida, mas ficou conhecida internacionalmente ao trabalhar como modelo da grife Givenchy.

Getty Images
imagem: Getty Images

Make Up For Ever
Conhecida por seu visual andrógino, Andreja Pejic é outra modelo transgênero que teve seu rosto eleito para estampar campanhas de beleza. A marca francesa Make Up For Ever elegeu a personalidade, que assumiu definitivamente a identidade feminina em 2014 com a cirurgia de mudança de sexo.

 

Getty Images
imagem: Getty Images
Topo