Beleza

Fãs de maquiagem no dia a dia podem evitar acne e ressecamento; saiba como

Simone Ota

Do UOL, em São Paulo

Recentemente, nomes como Gwyneth Paltrow, Drew Barrymore, Jennifer Lopez, Angélica, Anitta e Ivete Sangalo postaram fotos sem maquiagem nas redes sociais. Algumas disseram que foram desafiadas a mostrar sua beleza natural, outras afirmaram querer provar que são "gente como a gente". E teve ainda uma parcela que defendeu a necessidade de deixar a pele "respirar".

Para engrossar esse coro, o tabloide "Daily Mail" publicou em março um artigo em que alguns dermatologistas do Reino Unido defendiam que suas pacientes ficassem pelo menos dois dias na semana sem usar base, corretivo, sombra e companhia.

No entanto, há quem diga que a recomendação não faz o menor sentido, como é o caso da dermatologista Denise Lage, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. "Isso só é necessariamente válido caso a pessoa tenha a pele muito sensível ou com alguma inflamação", argumenta. “Mas, em caso de dermatite, é necessário ficar muito mais do que dois dias na semana sem maquiagem”, afirma.

Segundo ela, os cosméticos evoluíram tanto nos últimos anos que muitos trazem os mesmos princípios ativos encontrados em tratamentos dermatológicos e vários deles já fazem parte de protocolos médicos. “Um exemplo é a base com filtro solar, que é indispensável para quem está clareando manchas, ou BB ou CC cream para quem tem oleosidade excessiva ou sofre com o ressecamento”, diz.

Quem também concorda é a dermatologista Doris Hexsel, que atende no Rio de Janeiro e em Porto Alegre (RS) e é pesquisadora do Centro Brasileiro de Estudos em Dermatologia. “Hoje em dia a maquiagem só se torna um problema se não for removida no fim do dia e da maneira correta, mesmo aquelas que têm qualidade comprovada”, afirma.

A explicação é que, ao higienizar a pele, não só os resquícios de maquiagem são removidos, como também os de poluição, suor e excesso de gordura. Com isso, a absorção do creme hidratante, antiacne, antiflacidez e do anti-idade aumenta, diminuindo o risco dos poros ficarem obstruídos. “Vale lembrar ainda que a pele tem oito horas para descansar durante o sono”, completa a doutora Doris Hexsel.

Não podem faltar
O jeito certo de remover a maquiagem inclui, primeiro, o demaquilante e, por último, o tônico. “Como o nome entrega, o demaquilante contém substâncias específicas que facilitam a retirada dos cosméticos depositados sobre a pele, além da sujeira acumulada ao longo do dia. Já o tônico limpa mais a fundo, ao mesmo tempo que reequilibra o pH das células para que recebam melhor os produtos de tratamento. É por isso que esses cuidados se complementam”, explica Doris Hexsel.

Ela lembra que as texturas em creme ou loção são mais suaves e agridem menos a pele. “Já opções em gel e as loções alcóolicas, que são as preferidas de quem tem a pele oleosa, podem causar irritação e ressecamento se usados excessivamente. O resultado é semelhante ao de quem remove a maquiagem apenas com sabonete normal ou água”, completa a dermatologista.
 

Topo