Beleza

Quebrando regras de beleza, mulheres acima dos 50 assumem fios longos

Carolina Maggi

Do UOL, em São Paulo

Uma das mais famosas regras de beleza direcionadas às mulheres está no comprimento do cabelo: quanto mais velha você ficar, menor deve ser o comprimento dos fios. Ainda que o conceito esteja enraizado em muita gente até os dias de hoje, famosas como Demi Moore, Luiza Brunet e Sarah Jessica Parker chegaram aos cinquentinha com os fios longos e bem cuidados, de forma a representar um empoderamento com o look e ignorar por completo o ultrapassado conceito quase que ditatorial direcionado a quem tem algumas rugas a mais na face.

"Hoje as mulheres têm domínio sobre a própria vida e ocupam cargos importantes no trabalho. Isso reflete na aparência que desejam ter", acredita Adriana Neto, hairstylist da Esmell Leblon, no Rio de Janeiro. "A liberdade individual é, talvez, o grande avanço do século XXI. Tanto com relação à aceitação, quanto com a transformação extrema permitida. Uma mulher de 50 anos que antes era considerada velha, hoje é uma gata cinquentona, e isso reflete em um visual mais leve, jovem e sexy. Um cabelo longo sempre ajuda", complementa o make-up artist e hairstylist Wilson Eliodorio.

Segundo o cabeleireiro Mauro Freire, da Casa Mauro Freire, essa conquista foi muito importante, principalmente para as brasileiras, que costumam atribuir a sua sensualidade ao cabelão. A relação entre a autoconfiança da mulher e seus fios longos é refletida na procura por um profissional para cortar o cabelo. "No salão, 80% das clientes querem um corte moderno, mas não querem que eu mexa no comprimento", conta Adriana. 

Cuidados
Alguns cuidados com as madeixas compridas são comuns em todas as idades. Mas aquelas que já passaram dos 50 devem ficar atentas às mudanças hormonais, pois é nesta faixa etária que acontece a menopausa. "Os fios enfraquecem, afinam e até caem. Um acompanhamento dermatológico é aconselhável”, indica Eliodorio. “Produtos mais leves, naturais, óleos essenciais e químicas reduzidas também ajudam a preservar os fios". A manutenção do corte também é importante. Segundo Sonia Nesi, os fios devem ser aparados, no máximo, de quatro em quatro meses. Isso mantém as madeixas com uma boa aparência e com as fibras saudáveis.

Grisalhos
Os fios grisalhos também estão sendo assumidos com mais naturalidade por mulheres maduras. Mas, mesmo não tingindo o cabelo, as visitas ao salão ainda são necessárias. "Muitas clientes reclamam que o cabelo era lindo e que agora está sem brilho e mais opaco. Por isso, deve ser feito um tratamento de nutrição a cada quinze dias, pelo menos", aconselha Adriana. "Ainda é necessário ir [ao salão] para fazer rinsagem e lavagem anti-resíduos para eliminar o amarelado e realçar o tom dos fios", finaliza Eliodorio. 

Topo