Beleza

Fotógrafa faz ensaio sensual com mulheres reais: "Gorda não é uma ofensa"

Natália Eiras

Do UOL, em São Paulo

Em abril, a fotógrafa Mariana Godoy, 22, convidou algumas amigas gordas -- isso mesmo, não plus size ou "acima do peso" -- para fazer um ensaio sensual para um sarau. O projeto batizado de Empoderarte-me busca, de acordo com a garota de Jundiaí (SP), tirar a carga pejorativa desta temida palavra de cinco letras. "Quis discriminalizá-la completamente. É um manifesto para parar com isso. Gorda não é uma ofensa", falou a profissional ao UOL Beleza

A primeira sessão de fotos, feita para o evento artístico da cidade de Campo Limpo (SP), foi uma espécie de brincadeira entre Mariana e as modelos. Elas decidiram fazer uma segunda leva após o bom retorno do público, principalmente o feminino, que teve uma sensação de empoderamento após ver as imagens. "Eu as publiquei na internet e as meninas gostaram muito", conta. 

Porém, ao mesmo tempo em que recebe boas críticas, o projeto também é alvo de comentários ofensivos. "Até chorei na primeira vez que os li", narra Mariana, que diz que, hoje em dia, consegue ignorar as mensagens. "Já me escreveram dizendo que é nojento [ver gordas em poses sensuais], recebi ameaças na página do Facebook. Falaram que nenhuma das meninas nunca conseguiriam um namorado". 

Para a fotógrafa, as críticas são sintoma de uma certa ignorância acerca do sobrepeso. "As pessoas não estão preparadas para aceitar que o outro pode se sentir bonito exatamente da forma que ele é. São ignorantes que não aceitam a diferença", termina. 

Topo