Beleza

Tweeteiros usam hashtag para exaltar beleza de árabes e do Oriente Médio

Reprodução/Twitter/@PsychAndCrime /@Chezmoihoney
Pessoas estão usando o termo #TheHabibatiTag para desafiar padrões de beleza ocidentais imagem: Reprodução/Twitter/@PsychAndCrime /@Chezmoihoney

Do UOL, em São Paulo

Internautas estão usando no Twitter a hashtag #TheHabibatiTag para desafiar os padrões de beleza ocidentais e exaltar a aparência de árabes e de povos do Oriente Médio. 

Tudo começou quando a escritora norte-americana descendente de palestinos Sara Mahmoud criou a hashtag com mais três amigas. "Ele pretende promover orgulho, positividade, amor e respeito dentro da comunidade árabe e fora dela", escreveu a artista em sua conta na rede social. 

"Habibati" é o termo que descreve mulheres que falam a língua árabe. Ainda assim, a brincadeira não ficou restrita a esta etnia e nem apenas a garotas. Pessoas de todos os gêneros e de países do Oriente Médio e norte da África também começaram a mostrar que beleza não é apenas pele branca, olhos e cabelos claros. Junto com as fotos, tweeteiros contaram suas origens e a falaram sobre suas religiões. 

Em entrevista à "BBC News", Sara Mahmoud falou que "a única representação que nós vemos das pessoas do Oriente Médio e do norte da África é quando crimes de ódio e terrorismo acontecem". "Quando eu estava crescendo, nunca vi uma mulher que parecia comigo na TV. E, por isso, eu não me sentia bonita", completou a escritora. 

Topo