Beleza

Jovem de 21 anos fatura R$ 78 milhões com linha de cosméticos orgânicos

Divulgação
Ava Anderson, 21, resolveu criar marca ao perceber pouca oferta de cosméticos orgânicos imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

Quando tinha 15 anos, a norte-americana Ava Anderson, 21, ficou abismada ao descobrir, em um programa de TV, a quantidade de substâncias tóxicas existentes em produtos de beleza dos EUA. Foi assim que ela criou a marca Ava Anderson Non Toxic, que faturou, no ano passado, cerca de R$ 78 milhões (US$ 20 milhões).

De acordo com o FDA, agência reguladora de alimentos e medicamentos norte-americana, apenas 11 substâncias são proibidas de entrar na fórmula de cosméticos. Na União Europeia, 1,3 mil ingredientes foram banidos, conforme informações do site da Comissão Europeia. Sabendo disso, Ava começou um blog de beleza em que buscava no mercado alternativas mais saudáveis para se manter bonita.

Diante da pouca oferta de cosméticos orgânicos, ela decidiu criar a sua própria marca. "Mais e mais pessoas têm se dado conta do problema que são os componentes nocivos dos produtos que nós inalamos, ingerimos e absorvemos", falou a garota, que está na universidade Babson College, ao site "INC".

A Ana Anderson Non Toxic tem, atualmente, 75 tipos de produtos, divididos em 11 linhas diferentes. Eles são vendidos uma rede de 7,5 mil consultoras independentes. A empresa também conta com 17 executivos e 75 funcionários. 

Divulgação
A marca Ava Anderson Non Toxic conta com 75 tipos de produtos, divididos em 11 linhas diferentes imagem: Divulgação

Divulgação
A marca Ava Anderson Non Toxic conta com 75 tipos de produtos, divididos em 11 linhas diferentes imagem: Divulgação
Topo