Beleza

Adepto do look afro, Rico Dalasam dá 5 dicas para cuidar das tranças

Natália Eiras

Do UOL, em São Paulo

Fã das tendências de moda, o rapper Rico Dalasam, 26, está sempre mudando o visual. Ele já teve franjão e até cabelo e barba platinados, mas, nos últimos tempos, tem ostentado longas tranças no estilo twist, em que as mechas são retorcidas. Usando a experiência que adquiriu trabalhando como cabeleireiro dos 13 aos 20 anos, foi o próprio artista quem fez a transformação para os fios alongados com a fibra chamada Marley. “Não consigo deixar outra pessoa mexer no meu cabelo”, fala em entrevista ao UOL. “Levei 4 horas para fazer tudo”.

De acordo com Dalasam, as tranças podem parecer trabalhosas, mas são muito práticas. “Acordo e não preciso fazer nenhum tipo de finalização, como secar ou modelar. O cabelo já está pronto”, explica. É preciso, no entanto, ter alguns cuidados na hora de apostar no aplique de tranças. Com conhecimento de causa, o rapper dá cinco dicas para quem quer virar adepto do visual:

1- Escolha a fibra que atenda suas necessidades
Descubra exatamente qual tipo de acabamento do seu interesse antes de escolher uma fibra. “Há no Instagram várias referências e novidades. Antes não tinha este monte de modelos para escolher”, diz Rico. O material mais leve é, geralmente, o mais indicado, pois evita que os apliques pesem muito no couro cabeludo. “Eu gosto da [fibra] Marley porque ela tem o aspecto de cabelo crespo. Tem outras fibras mais finas, mais onduladas”, afirma o artista.

2- Lavagem apenas com shampoo
O condicionador deve passar bem longe dos cabelos com tranças. “Ele é emoliente e faz a fibra escorregar da raiz”, fala o rapper. “E não tem necessidade de hidratar as tranças, porque o cabelo está envolto no material, então você precisa limpar”. Ele faz três lavagens por vez nos fios apenas com shampoo. A frequência muda de acordo com o clima. “Nos dias frios eu lavo a cada cinco dias. Quando está calor, faço a lavagem tripla a cada dois dias”, diz.

3- Não durma com as tranças molhadas
De acordo com Dalasam, além de fazer mal para saúde, dormir com as tranças úmidas pode causar odor. “Fica com cheiro de guardado, mas não chega a estragar a fibra”, conta o rapper. Porém, não é preciso esquentar a cabeça usando secador: como é feito com material sintético, o penteado costuma secar rapidamente. “A Marley, por exemplo, tem esta característica”, aponta.

4- Faça a manutenção
Rico diz que o intervalo ideal entre as visitas ao salão para fazer manutenção das tranças é de dois meses. “Mas eu, particularmente, costumo mudar o cabelo todo mês”, ele ri. É preciso refazer o aplique porque o cabelo cresce e a fibra vai ficando para baixo, no comprimento dos fios, em vez da raiz. “Pode acontecer também de a mecha ir girando e virar um dread”, exemplifica.

5- Não amarre as tranças muito apertado
Um dos aspectos mais divertidos das tranças é a grande variedade de penteados que podem ser feitos com os apliques. No entanto, há quem acredite que coque bom é coque bem justo, o que é contraindicado. “Não tem que ficar apertado, não pode ficar com dor de cabeça”, afirma Dalasam. Evite, ainda, puxar as tranças para não estragar o aplique. 

Topo