Pele

Leitoras que "deram um tempo" na maquiagem contam como a pele melhorou

Divulgação
Assim como a cantora Alicia Keys, mais mulheres reduziram o uso de maquiagem imagem: Divulgação

Cecília Leite Pabst

Colaboração para o UOL, de São Paulo

Desde que apareceu sem maquiagem em fotos e no tapete vermelho, a cantora Alicia Keys levantou a questão: "É possível viver sem make?". A artista abordou a libertação de bases, sombras, batons e máscaras como uma questão de autoconhecimento. Porém, para muitas outras mulheres a saúde também pesa bastante na decisão.

Disfarçar espinhas, cravos, oleosidade e outros problemas de pele com maquiagem é um hábito comum. No entanto, não é uma prática saudável, pois o uso excessivo pode, na verdade, agravar ainda mais o problema. A seguir, inspire-se nos depoimentos reunidos pelo UOL de mulheres que deixaram de usar maquiagem por um certo período e descobriram que o resultado pode ser bastante satisfatório.

Arquivo pessoal
Leika Morishita imagem: Arquivo pessoal
"Parei de usar maquiagem quando estou em casa"
"Minha pele é mista e a região da zona “T”, por causa disso, é normalmente mais oleosa. Parei de usar maquiagem quando estou em casa e aplico apenas cremes nutritivos nas outras áreas que precisam de hidratação. Com a pele mais descansada sinto que fico com brilho e textura mais naturais, além de ver resultado no verão também, quando antes apareciam mais espinhas por camuflar as imperfeições com maquiagem", Leika Morishita, 35 anos.
 
"Por pura preguiça deixei de usar maquiagem no trabalho"
"Eu tinha desespero de sair sem maquiagem. Usava para corrigir problemas, como um pouquinho de oleosidade e eventuais espinhas. Elas me incomodavam e eu cobria tudo com truques básicos. Confesso que, por pura preguiça, deixei de usar maquiagem no trabalho, no dia a dia, e resolvi aplicar somente protetor solar. Sem querer, percebi uma enorme melhora tanto na qualidade da minha pele, quanto na aparência dela. Agora, uso maquiagem somente nos finais de semana. E, claro, nunca deixo de retirar a maquiagem antes de dormir. Eu me sinto livre da extrema necessidade que as pessoas têm de não sair de casa sem se montar", Lilian Lerma, 28 anos.

Arquivo pessoal
Fernanda Martins imagem: Arquivo pessoal
"Sempre que possível fico alguns dias sem maquiagem"
"Uso maquiagem todos os dias para trabalhar, mas há momentos em que sinto que preciso parar, pois tenho uma desordem na pigmentação, causada por vitiligo emocional. Quando fico sem usar, noto minha pele mais leve, bonita e bem mais sedosa. Sempre que possível faço uma boa limpeza e fico alguns dias sem maquiagem", Fernanda Martins, 30 anos.

"Decidi investir na saúde da pele"
"Sofri com espinhas e cravos desde a adolescência, mas eu usava maquiagem para resolver o problema e pronto. Com o tempo, a situação só piorou. Eu trabalho com a minha imagem, diariamente tiro fotos e gravo vídeos maquiada, e o problema foi piorando. Decidi reduzir a maquiagem e investir na saúde da pele, com o óleo de coco, limpeza de pele, alimentação saudável, além de tomar muita água e tentar não esquecer de usar protetor solar. Consequentemente a pele foi melhorando e reduzi o uso de maquiagem. É um ciclo. Quanto menos uso a maquiagem, melhor a pele fica", Jacky Reis, 28 anos.

Arquivo pessoal
Ariana Monteiro imagem: Arquivo pessoal
"Passei a escutar os sinais que meu corpo enviava"
"Toda vez que passava base sentia minha pele sufocada. Se passava um rímel, meus olhos se irritavam e começam a lacrimejar. Não entendia o por quê de me submeter a isso, mas era o que eu fazia para não parecer desleixada. Conforme fui ficando mais velha, percebi que essa pressão não fazia sentido e reduzi o consumo de maquiagens. Resolvi investir esse dinheiro em produtos para a pele e minha rotina tornou-se muito mais simples. Lavo o rosto duas vezes por dia, na hora de dormir passo um creme hidratante, de vez em quando uso um iluminador e um pigmento para as bochechas e lábios. Sinto que minha pele nunca foi tão bonita, naturalmente bonita e, sobretudo, sinto que ela representa quem eu sou de verdade: uma mulher livre", Ariana Monteiro, 27 anos.

"Resolvi usar maquiagem só quando tenho tempo"
"Sempre gostei de usar maquiagem todos os dias, mas principalmente no inverno a pele fica um pouco mais ressecada e isso é meio incômodo. E, desde que a minha filha nasceu, eu resolvi usar só quando tenho tempo, como nos finais de semana. Logo notei uma super melhora na minha pele. Agora ela já está com dois anos e eu resolvi manter o hábito por ver que realmente é mais saudável. Hoje, percebo a região mais macia e luminosa. Ainda assim, para não deixar sem algum cuidado, uso com frequência cremes hidratantes e água termal", Fernanda Mariano, 26 anos.

"Eu me permito usar apenas quando acho necessário"
"Aos 17 anos minha pele passou a se apresentar bem oleosa e, posteriormente, tive espinhas. Usei maquiagem para mascarar as imperfeições, mas só piorava tudo. Depois de um tempo, deixei de lado a maquiagem, parei de me obrigar a esconder as espinhas e toda aquela oleosidade. Foi quando percebi que a pele melhorou bastante, e, o melhor, de uma forma natural. Hoje eu não tenho espinhas e nem marcas da época. A minha pele passou de oleosa para mista. É mais tranquilo de cuidar e, mesmo amando maquiagem, eu me permito usar apenas quando acho necessário, como para trabalhar e em eventos", Karly Marques, 24 anos

 

Topo