Beleza

Aplicativo conecta clientes e maquiadores para atendimento em casa

Divulgação
Look intitulado "rock chic" produzido pelo time de profissionais que fazem parte do serviço imagem: Divulgação

Erin Mizuta

Colaboração para o UOL, em São Paulo

É só surgir o convite para um casamento que começa a correria para escolher vestido, sapato, acessórios, cabelo e maquiagem. Pensando em facilitar pelo menos uma parte importante desse processo, figura no mercado a startup Make You, uma plataforma que permite agendar profissionais para atendimento de beleza em domicílio.

O aplicativo disponibiliza maquiadores e cabeleireiros da agência Capa MGT, responsáveis por desfiles, editoriais de moda e capas das principais revistas de moda do país, com agendamento prévio de até três meses ou mínimo de 12 horas de antecedência.

Os produtos utilizados são de marcas como M.A.C, Make Up Forever, NARS e Bed Head, que estabeleceram parceria com o serviço. Atualmente, 18 especialistas fazem o atendimento na plataforma. “Todos os profissionais estudaram consultoria e etiqueta, e também passaram por um curso de coaching para entender as particularidades de cada menina”, conta João Guilherme Hannud, 26, um dos sócios-fundadores.

As clientes podem escolher o profissional, que, por sua vez, controla sua própria agenda por meio de uma interface dedicada aos trabalhadores cadastrados. “A vantagem é a praticidade e o conforto”, conta Jô Castro, 45 anos, maquiadora que já tem 50% dos trabalhos agendados pelo Make You.

A empresa começou a operar em fevereiro deste ano e já fez 450 atendimentos, sendo que 75% das clientes optaram pelos dois serviços: maquiagem e cabelo. Os preços variam de R$ 128 (escova) a R$ 258 (penteado), e R$ 250 para maquiagem.

“Fizemos uma estimativa nos 40 melhores salões de São Paulo e conseguimos fixar os valores 25% abaixo dessa régua”, diz Hannud. “Mas não é o mais barato do mercado. Como estamos trabalhando com um público feminino exigente, queremos fazer um negócio que perdure. Não adianta pensar em quantidade.”    

Mariana Zamorano tem 26 anos, é administradora e, em seis meses, já usou o serviço cinco vezes. “Tinha o trabalho de fazer altas pesquisas de referências para avaliar a qualificação dos profissionais que atendem em salão", comenta. "Mas nunca fiquei 100% satisfeita, pois não existia abertura para não gostar do serviço, além de não ter privacidade no local. O preço também sempre é uma incerteza, pois existe a cobrança de adicionais como lavagem, acessórios para o penteado etc."

No caso do Make You, não há cobrança pela aplicação dos acessórios nos penteados, mas a cliente é que deve possuir o objeto, uma vez que o serviço não fornece.

O modelo de negócio é inspirado no Glam Squad, que atua em Nova York e, hoje, em São Paulo (capital), Cotia, Santana do Parnaíba e Barueri. Para o futuro, a intenção do Make You é ampliar o serviço de atendimento em equipe, que é feito apenas sob contato, para casamentos fora da capital paulista. E até janeiro de 2017 eles pretendem minimizar a disputa de horário nos salões de beleza em Belo Horizonte, Brasília e Rio de Janeiro.

Topo