Últimas de Estilo de vida

Mulheres adotam "cabelo da vovó" e assumem fios com vários tons de cinza

Reprodução/Instagram/@kyliejenner
Kylie Jenner foi uma das famosas que já adotou o cinza imagem: Reprodução/Instagram/@kyliejenner

Angela Moore De Nova York (EUA)

Embora muitas pessoas ainda busquem na tintura uma alternativa de esconder os sinais da idade, os fios grisalhos estão cada vez mais se tornando queridinhos tanto em mulheres com idade mais avançada quanto em jovens fashionistas. Sobretudo depois que Jean Paul Gaultier, Chanel e Gareth Pugh desfilaram suas modelos com cabeleiras prateadas. 

Vista em celebridades como Lady Gaga, Pink, Rihanna, Nicole Ritchie e Kelly Osborne, a tendência de cabelos cinza, brancos ou lavanda vem sendo adotada por mulheres de todo o mundo, e milhares podem ver fotos nas mídias sociais com a hashtag #grannyhair (cabelo da vovó).

"O cabelo da vovó é basicamente cabelo prateado, qualquer tom de cinza no cabelo: cinza metálico, cinza prateado, branco-bem-branco, platinado com subtons de violeta ou prata", explicou a cabeleireira nova-iorquina Jan-Marie Arteca. "Essa é a tendência."

Muitos blogs e revistas de moda dizem que o visual é a cor de cabelo "mais quente" para 2015, e o site "Bored Panda" pediu às mulheres que postassem fotos de seu "cabelo da vovó" em uma página que foi vista mais de 500 mil vezes desde então.

Mas vale dizer que quem quer assumir o look deve levar em consideração uma série de fatores. Primeiro, que o processo pode ser demorado, já que se leva pelo menos duas horas para descolorir os cabelos e acrescentar a nova cor. Segundo, é que essa mudança não colabora muito com a conta bancária das mulheres: nos Estados Unidos, por exemplo, os valores variam de 200 a mais de 700 dólares, dependendo da cor e das condições dos fios. Ah, e tem outra: os retoques devem ser feitos aproximadamente a cada quatro semanas.

Topo