Casa e decoração

Como aproveitar gadgets na decoração sem medo de errar

Getty Images
Dá para incorporar os gadgets na decoração sem transformar a casa em um cenário sci-fi imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Gadgets (apetrechos tecnológicos) são, por definição, objetos de desejo por sua funcionalidade, mas nem sempre foram esteticamente agradáveis. Com o passar do tempo, o design melhorou e tais aparelhos acabaram incorporados pela decoração. "A arquitetura atual pede equipamentos com desenho diferenciado, porque há cada vez menos paredes e armários", explica o arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris.

Usar gadgets como peças decorativas não significa deixar a casa com ares futuristas. É possível adquirir dispositivos tecnológicos avançados com cara retrô. Os novos toca-discos, por exemplo, se encaixam perfeitamente em um ambiente com ares "vintage" ou clássico e reproduzem o som com mais qualidade e pureza do que a maior parte dos aparelhos MP3.

Hi-tech

Mas eu posso colocar videogames, caixas acústicas para smartphones (os chamados "dock station") e outros itens com alta tecnologia em qualquer tipo de cômodo? A resposta é sim e, o melhor, não é preciso temer a mistura de estilos, pois o contraste é interessante, segundo afirma o arquiteto Gláucio Gonçalves.

Para distribuir os gadgets pela casa, considere os ambientes em que cada equipamento será mais útil e, também, quais os pontos de energia à disposição. Por exemplo, o computador de mesa pode ser mantido no escritório, mas ao lado dele, que tal pendurar belos fones de ouvido, que enfeitam a parede quando associados a peças decorativas, prateleiras e livros?

Já caixas de som e amplificadores para celulares e MP3 player, que tenham visual caprichado, acabam por se tornar vedetes na sala, especialmente, durante as festas e confraternizações. Dá, ainda, para criar um espaço de destaque, para aquele gadget "queridinho", escolhendo um móvel elaborado para apoiar o toca-discos "hi-tech" e acomodar os LPs de estimação ou a coleção de games.

Informe: os preços dos itens da lista abaixo foram pesquisados em maio de 2016 e estão sujeitos a alterações. Para valores convertidos em reais, a cotação usada foi a do dia 04.

  • Divulgação

    Termostato Inteligente

    Nest é um gadget que controla o ar-condicionado da casa. Durante o intervalo de cerca de uma semana, o termostato é capaz de se autoprogramar com base nas preferências gravadas: dias de uso, horários, temperaturas e para quais ambientes. O aparelho pode, incluive, ser controlado via "smartphones" ou "tablets". No site da Amazon (www.amazon.com), o aparelho custa US$ 218,95, o equivalente a R$ 773,88.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Fones de ouvido B&O Play

    Os fones modelo H6, da B&O Play (divisão da empresa Bang & Olufsen), são revestidos com couro para dar conforto às orelhas. O visual é retrô, mas o som emitido é de alta potência e definição e qualidade digital. Para comprar online, o site da marca é www.beoplay.com e o valor, o equivalente a R$ 1.621,89.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Playstation 4

    O console da Sony é elegante (em branco) e vem equipado com leitor blu-ray, além de contar com joystick com sensor de movimentos embutido. O modelo com memória interna de 500 GB está à venda no site das Casas Bahia (www.casasbahia.com.br) por R$ 1.999,99.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Wireless Áudio 360

    Via conexão wifi ou bluetooth, esta caixa acústica da Samsung (www.samsung.com.br) se conecta a celulares, tablets e televisores e distribui o som em todas as direções, com igual intensidade e definição. O preço sugerido pela fabricante é R$ 2.599.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Notebook 2 em 1 Yoga 500

    Da Lenovo, o aparelho gira até 360 º para ser usado de quatro maneiras diferentes: como notebook, para apresentação, no modo tenda (foto) e também como tablet. O computador conta com teclado, mas a tela é sensível ao toque. No Magazine Luiza (www.magazineluiza.com.br), o item é vendido por R$ 2.754.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Toca-discos Inovattion

    Da empresa alemã Clearaudio, o aparelho faz o disco girar praticamente no ar, por conta de um sistema de imãs. O som analógico emitido é livre de ruídos e o design do deck impressiona pelos detalhes. A Dag Brasil (www.dagbrasil.com.br) revende o aparelho de som no país a um custo que parte de R$ 95 mil.

    Imagem: Divulgação

Topo