Casa e decoração

Como eliminar e prevenir o acúmulo de gordura do boxe do banheiro

Getty Images
Não tem segredo: água, sabão e força no braço. Pra não acumular, use limpa-vidros imagem: Getty Images

Marina Oliveira

Colaboração para o UOL, de São Paulo

É no banho que limpamos a pele, retirando, além de impurezas, boa parte da oleosidade que ela retém. Só que essa gordura, somada a sabonete, xampu e outros produtos de banho, não vai direto para o ralo. Essa “sopa” se acumula no chão, nas paredes e, especialmente, no boxe. Para limpar o vidro direitinho e deixá-lo com cara de novo, o UOL lista os passos para remover a sujeira. Veja!

Fontes: Fabiana Teixeira, coordenadora de relacionamento da Parafuzo (prestadora de serviços de limpeza); João Pedro Lucio, gerente nacional de operações da Maria Brasileira (rede de franquias de serviços domésticos); e Juliana Faria, personal organizer.

Esfregar, secar, polir

  • Acredite, funciona!

    A combinação de água morna - do chuveiro mesmo - com detergente neutro e incolor é a mais indicada desengordurar o vidro. A recomendação é despejar 500 ml de água (quente ou morna) em um borrifador e acrescentar oito gotas de detergente. Borrife a solução sobre o vidro molhado e esfregue com uma esponja macia. É, não tem escapatória, a esfregação é a responsável por desprender a gordura acumulada. A última etapa é enxaguar abundantemente, pois os resquícios de detergente também mancham.

  • Esfregue, mas não arranhe

    O lado áspero da esponja e a palha de aço podem arranhar o vidro do boxe, portanto, evite utilizá-las. Já um pano felpudo acaba arruinando o acabamento da limpeza, por soltar fiapos. Também esqueça a "sabedoria popular" neste caso: nada de esfregar jornal na superfície. Em contato com a água, a tinta do papel se desprega e pode deixar marcas, tanto no vidro, quanto na mão de quem está limpando.

  • Frequência

    Em um banheiro utilizado por quatro pessoas, diariamente, o vidro limpo não resiste por muito tempo. Quatro ou cinco dias é o prazo limite para a próxima higienização. Em boxes usados por apenas um ou dois usuários, realize a limpeza apenas uma vez por semana.

  • Dá-lhe textura

    Em superfícies com textura (como o vidro pontilhado), pode ser mais trabalhoso retirar a gordura. Mas nada que uma escova macia não consiga dar conta. Nesse caso, depois de esfregar com uma bucha, para remover a sujeira grossa, use uma escovinha nas linhas e reentrâncias. Se houver acúmulo de limo, aplique um produto específico (seguindo as instruções do rótulo) para o amolecimento da camada esverdeada.

  • Rodo para secar

    Na hora de secar faça uso de um rodo pequeno, como o utilizado na pia da cozinha, para retirar o excesso de água do vidro. Mas atente-se: deixe uma unidade exclusivamente para a limpeza do banheiro. Se a secagem for feita com pano, escolha um macio de microfibra, malha ou algodão (que não seja novo), para minimizar o desprendimento de fiapos.

  • Finalização (o segredinho)

    Para fazer a limpeza durar mais tempo, a dica é: aplique, após o enxágue e a secagem, um limpa-vidros que tenha ação anti embaçante, como se fizesse um polimento. Esses produtos são capazes de formar uma película, que protege contra o acúmulo de gordura.

Topo