Vídeos

Da bicicleta ao helicóptero: como e quando usar cada transporte até o altar

Getty Images
Para chegar a cerimônia pode (quase) tudo, desde que combine com o estilo dos noivos imagem: Getty Images

Juliana Nakamura

Colaboração para o UOL, de São Paulo

Nos casamentos, um dos momentos mais aguardados é a chegada da noiva. Nessa hora, uma série de veículos pode ser utilizada, dos mais simples aos mais luxuosos, dos tradicionais aos alternativos. Mas a escolha é aleatória ou deve seguir algumas regras? Bem, o primeiro item na lista para tal eleição é personalidade dos noivos, seguido pelo estilo da cerimônia e o orçamento. Selecionamos sete opções e indicamos como usá-las: veja, compare e eleja a sua.

Fontes: Vinicius Favale, cerimonialista e diretor da Múltipla Eventos; Shalimar Catramby, cerimonialista da Casa de Festas Casuarinas.

Lá vem a noiva!

  • Getty Images

    Bicicleta

    Opção para noivas "hipsters" e descoladas, a bicicleta rende fotos muito bonitas, mas requer que a moça utilize um vestido mais simples e dispense o véu comprido. Para o casamento, vale um modelo de "magrela" delicado e com decoração especial: a cestinha, por exemplo, pode ser adornada com flores. De modo geral, recorrer à "bike" para ir ao casamento faz mais sentido para quem tem uma relação próxima com esse modelo de transporte. Ao escolhê-lo pense na distância a ser percorrida e na logística para sua utilização. Se a bicicleta for da noiva, o único custo é o da decoração. Alguns casais optam por peças duplas para deixarem a cerimônia pedalando juntos. Incomuns, essas bicicletas podem ser alugadas para data ou construídas sob encomenda.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    A tradicional limusine

    As limusines ainda são bastante procuradas por noivas que sonham com uma cerimônia tradicional e pomposa. Antes de alugar, o que deve ser feito com (ao menos) seis meses de antecedência, é importante checar se a igreja não possui restrições quanto ao tamanho do carro. Também certifique-se de que a baixa altura do veículo e as portas mais estreitas não vão atrapalhar o acesso da noiva. Além disso, o casal deve preparar o bolso: o aluguel por quatro horas não sai por menos de R$ 1.500. E atentem-se! Algumas empresas incluem no pacote a placa decorativa com o nome dos pombinhos. Peça a sua!

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Motocicleta

    Assim como as bicicletas, as motocicletas são opções para quem quer fugir do convencional. Uma moto estilosa causa surpresa e é preciso personalidade para bancar a escolha. O veículo também exige que moça a use um vestido apropriado, mais curto e menos volumoso e dispense o véu. Noivas radicais e familiarizadas com a condução da motocicleta, podem chegar sozinhas à cerimônia, que deve ter bom acesso para o veículo. Se a moto for de um dos noivos, a ideia ganha mais significado, mas se o transporte for alugado prefira um modelo "custom" ou mesmo com o chamado "side-car" (aquele carrinho lateral para o passageiro). Para casais apaixonados pelo "old school", uma motoneta (como a Vespa) é uma boa pedida.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Carrão antigo

    Veículos antigos também podem ser alugados (com motorista) por precinhos salgados (alguns chegam a R$ 3 mil) e são indicados para casamentos na igreja ou em recepções formais e chiques. Rolls Royce, Cadillac, Jaguar e Chrysler costumam ser as marcas mais desejadas, sobretudo nas cores branca ou preta. Recentemente, porém, kombis decoradas passaram a ser procuradas por casais modernos, pois elas dão um ar "vintage" para a celebração. O essencial ao escolher o carro é que ele seja espaçoso e com quatro portas para acomodar melhor o vestido e o véu. Prefira os modelos mais altos, que facilitam a entrada da noiva e verifique se a empresa de aluguel possui unidades reserva, caso o veículo escolhido apresente algum problema.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Carruagem e charrete

    Preferidas por noivas românticas, as carruagens ou as charretes são indicadas para quem vai se casar fora da cidade, no campo. Bucólicas, rendem fotos lindas e, muitas vezes, já estão inclusas no pacote fornecido pelo local do casamento (sítios, chácaras, hotéis ou fazendas). Se a carruagem é mais pomposa e requintada, a charrete - quando bem limpa e ricamente decorada - dá um ar despojado e campestre à cerimônia, sendo ideal para casamentos diurnos. Vale lembrar que qualquer das opções é mais cenográfica do que, efetivamente, um meio de locomoção. Assim, veículos de tração animal são recomendados apenas para percorrer curtas distâncias.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Carros executivos

    O serviço de aluguel de carros varia entre R$ 700 e R$ 3.500, em média. Essa variação está atrelada ao tipo de carro. Modelos mais comuns são mais em conta, enquanto os importados novos ou "de coleção" - aqui também incluídas as kombis - são mais caros. Porém, qualquer das alternativas pode ser usada em casamentos em que o acesso de carros é simples, sejam eles na cidade, na praia ou no campo. Para as noivas que já estouraram o orçamento do casório, uma opção é ir à igreja (ou recepção) com o carro do pai ou emprestado de alguém especial (um parente ou amigo, por exemplo). Para que a noiva fique confortável, o ideal é que o modelo seja espaçoso, com ar-condicionado e impecavelmente limpo. Não se esqueça de colocar alguns adorno no veículo, como fitas e flores, eles dão o tom festivo que a data pede.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Helicóptero

    A alternativa extravagante é indicada para quem vai se casar em locais com área para pouso, como uma fazenda ou na praia. Para comportar a noiva (e o seu vestido), o pai da noiva e o fotógrafo, a aeronave deve ter espaço para ao menos três pessoas. Para causar mais impacto na chegada, a dica é manter sigilo sobre o meio de transporte até o último minuto. Antes de alugar um helicóptero, verifique se o valor pago à empresa é devolvido caso o voo não ocorra. Isso porque, o aparelho não decola sob mau tempo. Como os imprevistos podem acontecer, é prudente que a noiva tenha um plano B. Ah, e prepare o bolso: o custo do luxo é alto, a partir de R$ 2 mil.

    Imagem: Getty Images

Topo