Últimas de Estilo de vida

Não deu certo? Veja como consertar os erros na hora de decorar para o Natal

Getty Images
A decoração de Natal não saiu como o esperado? Podemos ajudá-lo a consertar imagem: Getty Images

Marina Oliveira

Colaboração para o UOL, de São Paulo

Às vezes, a intenção é apenas montar um ambiente festivo e fugir da monotonia. Porém, nem sempre o resultado sai como o esperado. A seguir, quatro especialistas comentam decorações que poderiam ser melhoradas - e muito!

  • Reprodução Pinterest

    Desproporção e quantidade

    O problema aqui é a quantidade de enfeites utilizados e a desproporção deles em relação à árvore, que é pequena. "O colorido é legal, mas não dá para pendurar tudo de uma vez", diz Conceição Cipolatti, diretora artística especializada em decorações de Natal. A sugestão é, além de trocar os adornos grandes por outros menores - inclusive a ponteira de estrela -, usar uma base mais alta, para evitar a sensação de desproporção. O festão de pipoca não precisa ficar de fora, mas pode ser melhor posicionado nos galhos, para não sobrepor bolas e lâmpadas. Já a moldura de cordão, esta sim, é dispensável.

    Imagem: Reprodução Pinterest

  • Reprodução Instagram

    Mantenha o padrão

    É verdade que o vermelho tem tudo a ver com o Natal, mas iluminar a casa só com essa cor acaba por deixar a fachada com ares de Halloween. Se você não tem experiência com iluminação externa, é mais seguro apostar nas luzes brancas ou até mesmo nas coloridas, que já são vendidas com uma mescla harmônica de cores, mas mantendo o padrão, sem combiná-las. E, em vez de tentar fazer desenhos com a mangueira luminosa ou os cordões, é mais fácil (e bonito) contornar cuidadosamente as linhas da casa, as janelas e as portas.

    Imagem: Reprodução Instagram

  • Reprodução Pinterest

    Menos é mais

    No Natal, pecar pelo excesso só é razoável quando se fala de comes e bebes. Na decoração, siga a regra: "menos é mais". Para a decoradora Conceição Cipolatti, retirar o tecido suspenso sobre a mesa já daria novos ares para a composição. Os castiçais são muito grandes e atrapalham a visualização dos pratos. Além disso, as folhagens em volta da mesa são desnecessárias e os utensílios poderiam ser reorganizados por grupos de uso, por exemplo.

    Imagem: Reprodução Pinterest

  • Reprodução Instagram

    Faça marcações prévias

    Não dá para instalar luzes nas parede sem antes fazer marcações que determinarão o desenho final. O cuidado evita resultados como o desta foto, na qual o pinheiro ganhou ares abstratos. Não sabe como fazer? Tente desenhar a lápis a figura pretendida na superfície. Só depois instale os suportes (que podem ser pregos), cuidando para manter a proporção. Tá difícil? Temos a solução! "Use moldes prontos como base para fazer o contorno ou apenas acompanhe a moldura da janela com as luzinhas", afirma o gerente de projetos de iluminação Maurício Cardoso Jr..

    Imagem: Reprodução Instagram

  • Reprodução Instagram

    Adapte, mas respeite a forma

    Às vezes, há pouco tempo para montar a árvore ou poucos recursos. Mas os especialistas garantem: com tempo cronometrado e um dinheirinho dá para ter uma legítima (ou inovadora) árvore de Natal, basta pesquisa e disposição. "Esse tipo de folhagem não dá suporte aos enfeites, para decorá-la melhor seria indicado enfeitar a base da planta com um laço grande", diz a cenógrafa Teresa Camargo.

    Imagem: Reprodução Instagram

  • Reprodução Instagram

    Ou um, ou outro

    A guirlanda é bonita. A moldura para a porta também. Mas os dois enfeites juntos deixaram a decoração pesada e confusa. "A porta é pequena, então, só a guirlanda estaria ótimo. Para suavizar essa composição, o contorno poderia ser despojado dos laços e das pinhas brancas e vermelhas", sugere a decoradora Conceição Cipolatti.

    Imagem: Reprodução Instagram

  • Reprodução Instagram

    Vá até o fim

    O arranjo tinha tudo para ficar bonito... mas parece não ter sido finalizado. O laço vermelho colocado em apenas um canto das folhagens dá a impressão de que a decoração foi interrompida. Se a intenção é causar estranhamento, mantenha a composição assim, mas se esse não foi o intento, melhor seria deixar os ramos sem adornos. "Uma alternativa para quem quer cor sem usar laços e bolas, seria substituir parte da folhagem por espécies vermelhas, como o bico-de-papagaio", sugere a decoradora Márcia Arcaro.

    Imagem: Reprodução Instagram

Topo