Mostras de decoração

Piso verde e esculturas de trilho de trem são destaques de sala na Casa Cor

Do UOL, em São Paulo

Os arquitetos Túlio Xenofonte e Fábio Basanie, do Urbano Studio, assinam o Living da Família na edição 2016 da Casa Cor São Paulo. No espaço, com móveis e luminárias autorais (criados pela dupla) e um clima leve, dois elementos chamam a atenção dos visitantes: o piso verde de madeira e as esculturas feitas com dormentes ferroviários, usadas junto a espelhos amplos. A mostra de decoração completa 30 anos e fica em cartaz até dia 10 de julho, no Jockey Club da capital paulista. Para outras informações, acesse o site do evento.

Inspirado em velejadores

  • Divulgação

    Tacões verdes

    Para criar contraste com o piso de tacões (tauari) verdes e suavizar a composição, os arquitetos Túlio Xenofonte e Fábio Basanie escolheram usar madeiras claras. Um bom exemplo é o banco circular, instalado em volta de um dos pilares do espaço.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Esferas

    A manta de coquinhos, desenhada pelos arquitetos, confere textura e movimento ao sofá de forração lisa. O verde esmeralda do piso aparece também em peças de decoração como a almofada.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Cordas luminosas

    Cordas formam a luminária central do Living da Família, na Casa Cor SP, inspirado em velejadores. Na parede à direita, escultura do artista natalense Demétrius Coelho, feita a partir de dormentes de trilhos ferroviários.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Madeira clara

    Poltronas de madeira e fibra natural e mesas de madeira maciça compõem a ambientação da sala. O espaço criado pelo Urbano Studio conta com piso de madeira tonalizada antes do tratamento com verniz (Bona) e inspirado nos mares esverdeados. Os tacões de tauari são dispostos no padrão "escama de peixe".

    Imagem: Divulgação

Topo