Casa e decoração

Torre de Donald Trump sucumbe à crise imobiliária na Flórida

MIAMI, 19 Nov 2010 (AFP) -Uma torre que o milionário americano Donald Trump construiu ao norte de Miami é a vítima mais recente da crise hipotecária na Flórida, e boa parte de seus 200 apartamentos de luxo estão embargados e podem ir à leilão, informaram esta sexta-feira consultores do setor.

O edifício "Trump Hollywood", uma imponente torre de 41 andares, em frente à praia de Hollywood (20 km ao norte de Miami Beach), tem condomínios cujos preços iam de US$ 1 milhão a US$ 7 milhões, mas em apenas 25 das 200 unidades, os compradores potenciais fizeram negócios, segundo as fontes.

A compra das unidades poderia ser realizada com um pagamento inicial de 20% e um empréstimo hipotecário era acertado para financiar o restante do preço, mas entretanto, a recessão e a queda vertiginosa no valor das propriedades arruinaram o negócio daqueles que queriam os condomínios como investimento.

O desastre no mercado de condomínios "estava destinado a ocorrer porque muitos promotores venderam unidades demais a investidores que não iam morar nelas", comentou Lewis Goodkin, da Goodkin Consulting, firma baseada em Miami.

"Isto criou a falsa demanda que fez subir os preços", que em seguida caíram abruptamente diante da falta de compradores, afirmou.

Os preços das propriedades na área de Miami caíram 47%, quase a metade do valor que tinham em 2006, no auge da chamada bolha imobiliária, segundo o índice Standard&Poor's Case-Shiller de preços de imóveis.

Com uma enorme oferta de propriedades à venda, os preços só não caíram mais graças, em boa medida, à demanda de investidores internacionais, grande parte da América Latina, que chegam a Miami em busca de boas oportunidades de negócios, segundo agentes imobiliários.

Cinco mil propriedades, inclusive casas, condomínios e imóveis comerciais cada vez mais ficam nas mãos dos bancos por hipotecas não pagas na área de Miami, seus arredores e Palm Beach, segundo o site especializado Condovultures Realty, que atualmente tem uma base de dados de 236.000 unidades nesta situação no sul da Flórida.

Donald Trump, um investidor imobiliário que virou celebridade após apresentar o 'reality show' "O Aprendiz", sobre como fazer negócios, disse esta semana que aspira ser presidente dos Estados Unidos e que poderia se apresentar como pré-candidato republicano para as eleições de 2012.

Topo